Início Notícias Confusão após show em Maricá revela falta de planejamento

Confusão após show em Maricá revela falta de planejamento

Uma confusão generalizada se formou na noite deste domingo (07) logo após o término do show do grupo Exaltasamba, na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro de Maricá.

O vereador Paulo Maurício (PDT) na sessão desta segunda-feira (08) criticou os órgãos municipais pela falta de segurança ao termino do evento:
Foto: Reprodução/Youtube
“Os eventos em Maricá, eles tem que acontecer, não podem ser excluídos, mas tem que ter uma segurança adequada para quando acaba um evento como esse de ontem, onde havia quase 10 mil pessoas. Tem que haver um policiamento pra ter um respaldo pra quando sai esse pessoal não acontecer o que aconteceu ontem” afirmou.
Artesãos que estavam no local, colocados pela prefeitura provisoriamente até a construção do Mercado das Artes contam que passaram momentos de horror em meio ao vandalismo na praça.

Veja as imagens feitas por um cinegrafista amador no momento da confusão:


3 COMENTÁRIOS

  1. Em Jacaroá não está diferente.
    Muito LIXO – Um local que era calmo agora com um BAR aberto sem nenhuma FISCALIZAÇÃO.
    Um misto de SUPERMERCADO sem nenhuma higiene.
    Corretor SEM CRECI e ainda um BAR sem ALVARÁ.
    Uma bagunça TOTAL.
    Um local como JACAROÁ entregue a pessoas que NÃO se sabe ao certo o que faz na vida abrindo comércio a 3 por 2…

    Maricá realemente está um CAOS COMPLETO.

  2. A questão da segurança pública no município deve ser levada mais a sério por nossos administradores, eventos devem ser planejados com responsabilidade a estrutura da cidade não comporta grandes shows e o número de agentes de segurança deixa a desejar, a saúde é outro item que nos perturba, pois em caso de acidentes com um número grande de feridos o hospital não comportara as vitimas e o número de ambulâncias não irá dar vasão para transportar os feridos até Niterói, a segurança das pessoas é primordial, porem, a educação e o envolvimento com entorpecentes deixa os jovens ainda mais agitados e predispostos a se de gladiarem por motivos fúteis, cabe a polícia uma ação repressiva no combate as drogas em Maricá, que tem um comércio varejista da droga que mais parece que estão vendendo avon, é uma pouca vergonha a banalização do consumo e venda de drogas na cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui