Início Notícias do Estado Número de vítimas de balas perdidas no RJ cresce 7% no 1º...

Número de vítimas de balas perdidas no RJ cresce 7% no 1º semestre

Foto: Ilustração

O número de vítimas de balas perdidas no estado do Rio de Janeiro cresceu 7% no primeiro semestre de 2012 em relação aos seis primeiros meses do ano passado, de acordo com o Instituto de Segurança Pública (ISP). De janeiro a junho de 2011, 57 pessoas foram atingidas por balas perdidas e, no mesmo período deste ano, foram 61 vítimas. Os dados são do Relatório Temático Bala Perdida, divulgado pelo ISP nesta terça-feira (7).
Apesar do maior número de vítimas, houve uma redução de 66% no número de mortos por balas perdidas no primeiro semestre de 2012 em relação ao mesmo período de 2011. No ano passado, foram seis mortes, e neste ano, duas vítimas fatais.
Na capital, número de vítimas cresceu 6%

Ainda de acordo com o relatório, a área com maior incidência de vítimas de balas perdidas foi a cidade do Rio de Janeiro, com 35 baleados nos seis primeiros meses de 2012. O número é 6% maior do que as 33 pessoas atingidas por balas perdidas de janeiro a junho do ano passado, na capital fluminense.

Já o número de mortes por balas perdidas também apresentou redução na cidade do Rio. De acordo com o ISP, foram duas vítimas fatais no primeiro semestre de 2012, contra quatro mortos no mesmo período de 2011, queda de 50% no índice.
O ISP esclarece que a “vítima de bala perdida” é a pessoa que não tinha nenhuma participação ou influência sobre o evento no qual houve disparo de arma de fogo, sendo, no entanto, atingida por projétil e podendo vir a falecer, ou não. Ainda de acordo com o instituto, foi considerado o número de vítimas preenchido no campo “Dinâmica dos Fatos” dos registros de ocorrência policial (ROs) oriundos das delegacias. Desta forma, segundo o ISP, um RO ter mais de uma vítima.
Texto: Bernardo Tabak / Do G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui