Início Carnaval 2013 Prefeitura inicia operações para coibir irregularidades no Carnaval

Prefeitura inicia operações para coibir irregularidades no Carnaval

Rafael Zarôr – A prefeitura de Maricá iniciou nesta terça-feira (29/01) um “choque de ordem” para coibir irregularidades no Carnaval. Equipes da Defesa Civil e secretarias de Ambiente e Desenvolvimento Urbano, com o apoio da Guarda Municipal e do Batalhão Florestal da Polícia Militar, mapearam as regiões da cidade para proibir acampamento em áreas de proteção ambiental, pesca predatória nas lagoas e trailers funcionamento sem permissão da prefeitura.

Acompamento ilegal em área de preservação em Ponta Negra. (Foto: Fernando Silva)

Na Avenida Central, em Ponta Negra, as equipes flagraram duas barracas de camping com instalação elétrica irregular, em uma área de preservação ambiental. Os proprietários foram notificados pelos fiscais da secretaria Desenvolvimento Urbano e, caso não desocupem o local até sexta-feira, terão as barracas apreendidas pela prefeitura. No mesmo bairro, o dono de um comércio de aluguel de caiaques, mesas e cadeiras instalou, sem autorização, uma tirolesa sobre o canal de Ponta Negra. Nesta quarta-feira, a prefeitura retorna ao local e, caso o estrutura ainda esteja instalada, irá tirar as cordas com apoio da PM.

“Essa atividade está totalmente irregular. Não tem laudo técnico que ateste a segurança dos usuários e nem autorização da prefeitura. Para legalizar, o proprietário tem que solicitar a licença na secretaria de Desenvolvimento Urbano com laudo de um responsável técnico e nada opor do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), já que a tirolesa está às margens do canal de Ponta Negra”, explicou o secretário Celso Cabral. “O risco de um acidente grave é muito grande porque a corda pode arrebentar e a pessoa bater nas pedras”, completou.

Siga-nos no Facebook:

Também em Ponta Negra, a secretaria de Desenvolvimento Urbano notificou três trailers funcionando sem alvará. Em Barra de Maricá, a secretaria de Obras apreendeu uma barraca que vende alimentos, instalada próxima à lagoa.

Fiscais da prefeitura flagraram a instalação ilegal de uma tirolesa sobre o canal de Ponta Negra. (Foto: Fernando Silva)
Fiscais da prefeitura flagraram a instalação ilegal de uma tirolesa sobre o canal de Ponta Negra. (Foto: Fernando Silva)

Amanhã (quarta-feira, 30/01), a operação continua em Itaipuaçu, Inoã e São José do Imbassaí e a prefeitura já programou outras ações de ordenamento até o fim do Carnaval. Segundo o subsecretário de Defesa Civil, coronel Jorge Braga, essas intervenções foram definidas na semana passada em uma reunião com o vice-prefeito Marcos Ribeiro e fazem parte da estratégia da prefeitura de organizar uma folia com tranquilidade e segurança para os moradores e turistas.

“No Carnaval também serão realizadas ações com o Inea, Batalhão Florestal e Capitania dos Portos para proibir uso de jet skys nas lagoas, quadriciclos nas areias, além de crimes ambientais”, adiantou o subsecretário.

1 COMENTÁRIO

  1. Gostaria de parabenizar a prefeitura por certas atitudes de coibir acampamentos, pesca, Jet e outras coisas no carnaval, também aproveitar para fazer um pedido como morador e em nome de todos moradores de Ponta Negra, para que não deixe acontecer o mesmo que aconteceu no ano passado quando não tínhamos policiamento e esse lugar ficou insuportável, com motos sem placas conduzidos pela maioria por menores e fazendo pegas, empinando e dando tiros (ruídos feitos com motos sem descarga) no meio do publico. Logo após passar pela ponte em direção a praia onde estava o palco uma grande aglomeração de fanqueiros, e ali faziam consumo de drogas, vendiam e até a pratica de sexo era normal a vista de quem passava, sem contar com as musicas que eram puras pornografia que alias virou coisa normal aqui em Ponta Negra. A impressão que da é que tudo de ruim vem pra cá, porque aqui é liberado pra fazer o que querem sem serem perturbados. Já que a esse interesse de organizar e fazer um carnaval como tínhamos, peço que avaliem nosso pedido. Tenho saudades do carnaval que o palco era na praça e podíamos levar nossos filhos para brincar fantasiados a vontade. Obrigado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui