Maricá não tem estrutura para receber grande público no carnaval, afirmam moradores

Reportagem especial do Maricá Info aborda áreas que a cidade de Maricá carece e que são necessárias para vivermos bem.

guaratiba
Falta de coleta e lixo acumulado pela cidade.

Da redação | João Henrique – Após a prefeitura de Maricá anunciar grandes atrações, diversos internautas questionavam nas redes sociais se a cidade teria estrutura para receber os turistas e veranistas e os que vêm apenas para assistir aos shows tanto na praça Orlando de Barros Pimentel como nos outros diversos palcos.

A cidade vive uma grande crise. Falta água, coleta de lixo, energia elétrica, segurança pública, pavimentação, saneamento básico, e muito mais.

A crise se deve ao fato da falta de comprometimento do poder público em investir na cidade, que possui apenas 5% de sua área com o saneamento básico.

“Na maioria das casas, vimos o esquema das fossas sépticas (fossa-filtro-sumidouro), que, segundo a ONU (Organizações das Nações Unidas), não é adequado.” Comentou o sanitarista Marcelo Souza Cardoso, 58 anos. O saneamento foi reconhecido pela ONU como um direito humano, um serviço básico necessário para se viver uma vida normal.

Outro problema é a Segurança Pública no município de Maricá, onde, assaltos à mão armada estão acontecendo à luz do dia. A falta de segurança preocupa os moradores e associações de Maricá.

Um dos líderes comunitários de São José do Imbassaí, Fabiano Novaes, comentou que o problema da falta de segurança pode ser facilmente solucionado com o policiamento ostensivo, nas ruas. “O pequeno efetivo policial na cidade faz com que o policiamento preventivo seja deficiente. Em períodos como o carnaval, o Comandante do 12º BPM envia um policiamento extra para cá, mas que esses policiais não conhecem Maricá, não estão acostumados com as peculiaridades da cidade.” Comentou Fabiano, que já foi policial militar no município de Maricá.

O envio do policiamento extra destinado pelo 12º BPM (Batalhão de Polícia Militar) a eventos na cidade é definido com base na expectativa de público que prefeitura de Maricá envia ao comando do batalhão.

Água

Um dos principais problemas na cidade é a falta d’água. Mesmo com as fortes e freqüentes chuvas que tem atingido o município, a CEDAE não está conseguindo ofertar água a todas as residências onde há a tubulação, como os bairros do Centro, Parque Eldorado, Araçatiba, Flamengo, Itapeba, etc.

Os moradores comentam que estão tendo que comprar caminhões pipa para abastecer as suas residências.

3
Único hospital da cidade não tem condições para atender nem a sua própria população.

Caso alguém passe mal em um dos pontos onde haverá o evento de carnaval realizado pela prefeitura, não terá onde ser atendida. Os postos de saúde estão sem condições de atendimento, como noticiamos; o hospital sem medicamentos e a falta de informação atrapalham o atendimento dos pacientes.

Lixo

Apesar da nova empresa que realizará a coleta ter sido anunciado pela prefeitura de Maricá, diversos bairros da cidade estão com seus lixos acumulado, em alguns lugares, há mais de um mês. Um mutirão foi realizado pela prefeitura para retirar o lixo acumulado em Itaipuaçu, porém, os moradores dizem que não passou de uma farsa para maquiar as ruas do bairro para o carnaval.

“Coletaram apenas em algumas ruas, priorizando as principais e as que dão acesso ao bairro, mas diversas ruas continuam no lixo.” Comentou a moradora Flávia Silveira, 33 anos.

O questionamento feito pelos moradores nas redes sociais repercutiu e nós fizemos uma reportagem especial, falando dos temas básicos que não temos – ou temos pouquíssimo – na cidade de Maricá.

DSCI0105
Falta de água tem causado transtorno aos moradores e comerciantes da cidade.
Booking.com

Redação Maricá Info

Levamos até você um jornalismo crítico, com imparcialidade e independência editorial. Aqui você tem voz, participe! Envie sugestões de reportagem e denúncias para o nosso Whatsapp: (21) 99621-9049.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *