Falta de médicos revoltam pacientes no Hospital Conde Modesto Leal, em Maricá

Na noite desta segunda-feira (25), pacientes que aguardavam no hospital Municipal Conde Modesto Leal tiveram uma surpresa. Apenas um médico estava de plantão em um dia que o hospital estava cheio.

Uma das pacientes comentou que a situação está insuportável. “Não é possível que somos tratados dessa maneira no único hospital da cidade.”

Pacientes aguardam impacientes no HMCML. (Foto: Elaine Maciel | Internauta)
Pacientes aguardam impacientes no HMCML. (Foto: Elaine Maciel | Internauta)

Alguns pacientes tiveram que recorrer à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) em Inoã. Quem precisou de atendimento de um cardiologista precisou recorrer a São Gonçalo ou Niterói, por que o médico está de férias e é o único que atende na cidade.

Compromisso com a saúde

Em seu discurso de posse, o prefeito reeleito Washington Quaquá (PT) afirmou que a saúde seria prioridade em seu novo mandato, mas até agora, nada foi feito para a melhoria nos atendimentos do Hospital Municipal Conde Modesto Leal.

Redação Maricá Info

Levamos até você um jornalismo crítico, com imparcialidade e independência editorial. Aqui você tem voz, participe! Envie sugestões de reportagem e denúncias para o nosso Whatsapp: (21) 99621-9049.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *