Denúncia: Médicos são demitidos e hospital de Maricá fica sem condições de atendimento

Da redação | João Henrique – Segundo informações obtidas com exclusividade pelo ‘Maricá Info’ nesta quarta-feira (27), três médicos que trabalhavam no Hospital Municipal Conde Modesto Leal foram demitidos arbitrariamente na segunda-feira (25). Dr. Francys, Dr. Ubyratan e Dr. Guilherme Horta foram demitidos por funcionários da cooperativa Caaptar, que administra o hospital sem nenhuma justificativa.

“Não há material esterilizado para cirurgias, nem campos cirúrgicos. O Raio X está quebrado. Só há um aparelho de pressão para toda a emergencia e trauma.” Disse um funcionário do hospital que preferiu não se identificar.

“Ontem um paciente com apendicite foi orientado a ir para outro hospital por não haver roupas cirúrgicas nem material esterilizado.” Informou o funcionário.

Hospital Municipal Conde Modesto Leal sem condições de atendimento. (Foto: João Henrique | Maricá Info)
Hospital Municipal Conde Modesto Leal sem condições de atendimento. (Foto: João Henrique | Maricá Info)

“Os salários estão atrasados há mais de 60 dias. Não há insumos básicos como Hemoglucotest, diazepam, a bomba de infusão e o desfibrilador cardíaco não funcionam.” Disse.

De acordo com o funcionário do hospital, a demissão dos médicos foi pedida por um vereador ‘da saúde’. Na noite desta terça-feira (26) ele esteve no hospital para amenizar a confusão que foi criada pela demissão dos médicos da unidade.

A secretaria de saúde enviou uma nota ontem (26) sobre a matéria publicada na manhã desta terça-feira. De acordo com a prefeitura de Maricá, todos os médicos compareceram ao plantão, sendo um pediatra, três clínicos e um cirurgião.

Tentamos fazer contato com a Secretária de Saúde Janete Valadão pelo telefone do seu gabinete (3731-1965) mas o mesmo só dava tom de ocupado.

Funcionários do Hospital comentaram com a nossa equipe de reportagem nesta quarta-feira (27) que o raio x está funcionando precariamente, não emitindo laudo.

Redação Maricá Info

Levamos até você um jornalismo crítico, com imparcialidade e independência editorial. Aqui você tem voz, participe! Envie sugestões de reportagem e denúncias para o nosso Whatsapp: (21) 99621-9049.

Um comentário em “Denúncia: Médicos são demitidos e hospital de Maricá fica sem condições de atendimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline