Prefeitura de Maricá foi obrigada a fechar o lixão no Caxito

Após a operação da Polícia Civil da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente e do INEA (Instituto Estadual do Ambiente) no Lixão do Caxito, prefeitura de Maricá foi obrigada a fechar o local onde era depositado todo o lixo da cidade.

A operação da Polícia e do INEA aconteceu nesta terça-feira (12) com a cobertura do Maricá Info e da rede de TV Bandeirantes.

Polícia e INEA realizam operação no Lixão de Maricá. (FOTO: Marco Bechkert | Maricá Info)
Polícia e INEA realizam operação no Lixão de Maricá. (FOTO: Marco Bechkert | Maricá Info)

Na terça-feira, segundo o INEA, o lixão do Caxito já deveria estar fechado mas ainda estava recebendo lixo. Hoje (14) ele foi fechado e todo lixo oriundo de Maricá será transportado para o Centro de Tratamento de Resíduos (CTR) de Itaboraí.

Caso não desativasse o lixão do Caxito até segunda-feira (18), a Prefeitura de Maricá poderia pagar uma multa de até R$50 milhões, o que, segundo Waldir Vieira Almada, chefe de serviço do INEA, seria ruim para a cidade por que uma multa dessas poderia tirar dinheiro da saúde, da educação e de diversas outras áreas.

A prefeitura agora terá de providenciar o transporte da água das lagoas de Chorume para uma Estação de Tratamento de Esgoto.

Segurança MaricáMaria da Praça Marica