Comerciantes denunciam abandono do camelódromo de Maricá

Nossa equipe de reportagem foi hoje até o shopping ‘Céu Aberto’, conhecido como o camelódromo de Maricá, para conferir as condições de trabalho dos comerciantes do local.

De acordo com a comerciante Lucília, o estado de trabalho é precário no camelódromo. “A gente depende aqui de um banheiro, os comerciantes aqui não deixam a gente usar. Passamos muitas dificuldades aqui.” Disse.

Sem estrutura, camelódromo funciona precariamente em Maricá. (Foto: Marco Bechkert | Maricá Info)
Sem estrutura, camelódromo funciona precariamente em Maricá.
(Foto: Marco Bechkert | Maricá Info)

 

Ela ainda denunciou que as lonas utilizadas nas barracas, pela falta de estrutura, acumulam água e são um grande foco do mosquito da Dengue. “Aqui todo mundo pegou dengue.” Concluiu.

Dulcinéia, também comerciante do Shopping, comentou que as condições de trabalho são ruins devido à falta de investimento público. “Aqui é péssimo, por que quando ele entrou da primeira vez pra prefeito, tratou de organizar isso aqui para a gente e não preparou nada, quando chove não tem como trabalhar.” Disse.

Cápsulas usadas de cocaínas são facilmente encontradas no local. (Foto: Marco Bechkert | Maricá Info)
Cápsulas usadas de cocaínas são facilmente encontradas no local.
(Foto: Marco Bechkert | Maricá Info)

Em relação à segurança e a utilização do local durante a noite, outro comerciante denunciou o uso de entorpecentes e a prostituição no camelódromo da cidade. “Vai fazer sete anos que estamos aqui. Tem dia que tiramos pouco, tem dia que não tiramos nada.”

Em sua cartilha com promessas de campanha em 2008, o prefeito Washington Quaquá (PT) já afirmava que havia um projeto para a revitalização e reforma do lugar e que o valor, de R$300 mil, tinha sido conseguido pelo Deputado Federal Chico D’ángelo, também do PT. Porém, até o momento, quatro anos depois, nada foi feito para a tristeza dos comerciantes da localidade.

Confira a reportagem completa no vídeo: 

Booking.com

Redação Maricá Info

Levamos até você um jornalismo crítico, com imparcialidade e independência editorial. Aqui você tem voz, participe! Envie sugestões de reportagem e denúncias para o nosso Whatsapp: (21) 99621-9049.

Um comentário em “Comerciantes denunciam abandono do camelódromo de Maricá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *