Início Notícias de Maricá Prefeitura ‘remodela’ praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro

Prefeitura ‘remodela’ praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro

'Obras' reiniciaram nesta segunda-feira (1º). (Foto: Maxuel Moura | Maricá Info)

A Prefeitura de Maricá reiniciou nesta segunda-feira (01/07) o trabalho de ‘reparação do conjunto arquitetônico’ que fica no entorno da Praça Orlando de Barros Pimentel, a principal do centro da cidade. Uma equipe da Secretaria de Obras retirou os nove arcos metálicos e dois totens com o nome da praça, além de demolir, utilizando uma retroescavadeira, a pequena ponte, o lago e o curso de água que ficavam no entorno da Casa Digital.

'Obras' reiniciaram nesta segunda-feira (1º). (Foto: Maxuel Moura | Maricá Info)
‘Obras’ reiniciaram nesta segunda-feira (1º).
(Foto: Maxuel Moura | Maricá Info)

A intervenção faz parte do compromisso acordado entre o município e o Ministério Público Estadual, no sentido de atender à solicitação do Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac).  Este, através de um inquérito civil aberto em 2008, cobrava a restauração do projeto original, descaracterizado pela instalação dos totens, arcos e outras estruturas. A primeira ação do acordo firmado entre o Inepac e a atual administração – que sempre foi favorável à restauração dos padrões originais – foi a retirada do curso de água que cercava a Casa de Cultura, ocorrida em abril de 2011. O conjunto arquitetônico da praça é composto ainda pela igreja matriz de Nossa Senhora do Amparo.

De acordo com a Procuradoria Geral do Município, a retirada das estruturas instaladas entre 2003 e 2005, vem acontecendo por etapas em razão da necessidade de haver uma equipe especializada na restauração da estrutura tombada. Ainda segundo o Inepac, as intervenções na praça foram feitas de forma irregular na ocasião, sem o devido parecer da área de patrimônio histórico.

Ponte também foi removida com o auxílio de uma retroescavadeira. (Foto: Maxuel Moura | Maricá Info)
Ponte também foi removida com o auxílio de uma retroescavadeira.
(Foto: Maxuel Moura | Maricá Info)

O Inepac entendeu, no entanto, que o anfiteatro e a Casa Digital, que também foram instalados posteriormente na praça, devem ser recuperados e mantidos onde estão, uma vez que houve investimento de verba pública em ambas as construções para uso da população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui