Início Maricá 200 anos Maricá: Padre José de Anchieta e a pesca miraculosa

Maricá: Padre José de Anchieta e a pesca miraculosa

Maricá: Padre José de Anchieta e a pesca miraculosa. (foto: João Henrique | MaricáInfo.com)

A história do Padre José de Anchieta (1534 – 1597), que será canonizado nesta quinta-feira (03) pelo Papa Francisco no Vaticano, tem um breve e marcante episódio na cidade de Maricá.

Em 1584, o padre considerado Apóstolo do Brasil e Fundador Histórico de Maricá realizou a chamada ‘Pesca Miraculosa’ ou ‘Pesca Milagrosa’ na Lagoa de Maricá, mais precisamente na localidade de Araçatiba, junto com índios nativos da região. Ele também realizou uma catequização.

Na pesca miraculosa, o Padre José de Anchieta, que passará a se chamar São José do Anchieta após a sua canonização, antecipava aos índios quais peixes eles trariam ao barco em determinada região da Lagoa de Maricá.

A pescaria foi tão abundante e variada que a praia se abarrotou de homens que eram poucos para a salga de tantos peixes. Uma estátua do padre foi colocada no local em 1997, quando completou 400 anos de sua morte, porém, pouco tempo depois a mesma foi roubada e até hoje não se conhece o seu paradeiro.

O local da primeira missa realizada por ele ainda é lembrado porém, com muita vegetação e pouca informação de que aquele lugar é histórico no município. Muitos moradores se quer sabem o significado da cruz afixada para demarcar o local da primeira missa celebrada na cidade de Maricá.

Cruz marca o local onde foi celebrada a primeira missa em Maricá. (Foto: João Henrique | MaricáInfo.com)
Cruz marca o local onde foi celebrada a primeira missa em Maricá. (Foto: João Henrique | MaricáInfo.com)
Local onde ficava a estátua de José de Anchieta, Fundador Histórico de Maricá.  (fotos: João Henrique / Maricá Info)
Local onde ficava a estátua de José de Anchieta, Fundador Histórico de Maricá. (fotos: João Henrique / Maricá Info)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui