Início Educação Itaipuaçu recebe centro de capacitação da Prefeitura de Maricá em parceria com...

Itaipuaçu recebe centro de capacitação da Prefeitura de Maricá em parceria com SENAI

Da redação / João Henrique

Após a inauguração, na noite do último sábado (07), do polo do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) em Itaipuaçu, a cidade passou a contar com mais um centro de capacitação e formação de novos profissionais, onde mais de 1000 alunos terão ensino profissionalizante gratuito. Cerimônia inaugural contou com a presença da Deputada Estadual Rosângela Zeidan e do Deputado Federal Fabiano Horta, além de autoridades municipais.

Inauguração do pólo de ensino contou com a participação em massa da população, que aprovou a iniciativa da prefeitura. (foto: Bruno Rodrigues)
Inauguração do pólo de ensino contou com a participação em massa da população, que aprovou a iniciativa da prefeitura. (foto: Bruno Rodrigues)

A inauguração do segundo pólo do programa “Formando A Nova Maricá”, em parceria com o Senai – o primeiro foi inaugurado no ano passado no Flamengo – acompanha o crescimento da cidade e oferece cursos como Pedreiro de Alvenaria; Carpinteiro de Obras; Armador de Ferragem; Aplicador de Revestimentos Cerâmicos; Eletricista de Obras; Montador de Painéis Elétricos; Pintor de Obras e Encanador de Obras, além de Desenhista de Construção Civil; Almoxarife de Obras; Auxiliar Administrativo; Auxiliar de Fiscalização Ambiental; e Comprador.

De acordo com a coordenadora de Ações do Trabalho, Maria de Fátima Pacheco, o município está passando por uma revolução e a Prefeitura tem investido na população, com a realização de cursos profissionalizantes gratuitos. “Cada curso desse custa em média de R$ 2 mil a R$ 3 mil por aluno, totalmente pagos pelo município. O Programa de Qualificação Profissional vai capacitar o maricaense para a era de  empreendimentos, como o Comperj, o aeroporto e o Porto de Jaconé, capacitando-o profissionalmente para as novas etapas de desenvolvimento e para o mercado de trabalho, com a qualidade do Sistema S”, enfatizou.
A meta é atingir 2.500 alunos no primeiro ano. ““É um projeto mobilizador, um novo elo se formando. O Senai é uma instituição com 73 anos e com um nome a zelar. Teremos núcleos do Senai aqui. Só em Itaipuaçu, está sendo construído um prédio com capacidade para atender mil alunos por dia. (…) Poucos municípios têm essa proposta de gestão”, disse o coordenador geral do Senai-RJ, Washington Cruz.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui