Mais de mil pessoas podem ter o título de eleitor cancelado em Maricá

Mais de mil eleitores que não votaram e não justificaram nas últimas três eleições terão o título cancelado se não comparecer, até o dia 4 de maio, ao Cartório Eleitoral de Maricá, portando documento oficial com foto. O cartório eleitoral do município fica localizado na Av. Roberto Silveira, nº 524, lojas 03 e 04, em frente ao ‘Carlinhos do Gás’, no bairro Flamengo.

Cartório Eleitoral de Maricá funciona na Av. Roberto Silveira, em frente ao 'Carlinhos do Gás'. (Foto: João Henrique | Maricá Info)
Cartório Eleitoral de Maricá funciona na Av. Roberto Silveira, em frente ao ‘Carlinhos do Gás’.
(Foto: João Henrique | Maricá Info)

No estado do Rio, 192.858 eleitores estão nessa situação. Para calcular o número de ausências, cada turno de votação é considerado uma eleição. No site do Tribunal Regional Eleitoral (www.tse.jus.br/eleitor/servicos/situacao-eleitoral), o eleitor pode verificar se o seu título está passível de cancelamento. Em Itaboraí, Maricá, Niterói e São Gonçalo, 18.050 encontram-se nesta situação.
Em São Gonçalo verifica-se o maior número: 14.050 títulos sob risco; seguido de Itaboraí, com 2.583; Maricá, com 1.086 e Niterói, com apenas um. Para regularizar a situação, esses eleitores devem comparecer ao cartório eleitoral onde estão registrados no período de 2 de março a 4 de maio portando documento oficial com foto, título eleitoral e comprovantes de votação, de justificativa eleitoral e de recolhimento ou dispensa de recolhimento de multa. O valor desta por turno é de R$ 3,51.
Desde anteontem a relação das inscrições passíveis de cancelamento está disponível nos cartórios eleitorais para consulta pelos interessados, podendo sofrer pequenas alterações por conta de revisão dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs). A Justiça Eleitoral ressalta que não será expedido qualquer tipo de notificação ao eleitor, seja de forma impressa (correspondência) ou eletrônica (e-mail), sobre a situação do título.
Além de ficar impedido de votar, quem não regularizar a situação não poderá obter passaporte, ser empossado em cargo público ou renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo. A irregularidade também pode gerar dificuldades para obter empréstimos em bancos oficiais e participar de concorrência pública ou administrativa. Em todo o país, quase 1,8 milhão de eleitores faltosos podem ter o título cancelado.

Redação Maricá Info

Levamos até você um jornalismo crítico, com imparcialidade e independência editorial. Aqui você tem voz, participe! Envie sugestões de reportagem e denúncias para o nosso Whatsapp: (21) 99621-9049.

6 comentários em “Mais de mil pessoas podem ter o título de eleitor cancelado em Maricá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline