Início Notícias de Maricá Maricá começa campanha de vacinação contra gripe no dia 4 de maio

Maricá começa campanha de vacinação contra gripe no dia 4 de maio

Adultos com 60 anos ou mais devem ser vacinados contra a gripe Influenza, uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. (foto: Clarildo Menezes)

Por Amanda Neto (edição: Gisele Paiva)
No próximo dia 4 de maio começará a 17ª campanha de vacinação contra a gripe (Influenza). O público-alvo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), são crianças de 6 meses a 4 anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores da saúde; povos indígenas; gestantes; puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto); presos e funcionários do sistema prisional; pessoas com doenças crônicas não-transmissíveis e condições clínicas especiais. A campanha se estenderá até 22 de maio.

Para participar é necessário apresentar documento de identificação e cartão de vacinação. Para os funcionários da saúde será necessário apresentar comprovante de que trabalha na área. As gestantes devem levar o cartão da gestante e puérperas apresentar cartão da gestante ou certidão de nascimento da criança. Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e condições clínicas especiais deverão apresentar laudo médico que ficará retido na unidade de vacinação.

As crianças de 6 meses a 8 anos de idade (de 5 a 8 anos com doença crônica) que serão vacinadas pela primeira vez terão que fazer uma segunda dose em 30 dias. Para as crianças que foram vacinadas no ano passado, idosos e os demais grupos prioritários, será administrada uma dose da vacina.

É importante ressaltar que a vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores, bem como a qualquer componente da vacina ou alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

A Superintendente de Vigilância em Saúde, Carolina Monteiro, explica que a influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório e que a transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém‐contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto à boca, olhos e nariz.

“A influenza pode levar a complicações graves e ao óbito, especialmente nos grupos de alto risco para as complicações da infecção (crianças menores de 5 anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais)”, pontuou, acrescentando que o objetivo da campanha de vacinação é reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza, na população alvo para a vacinação.

Dia “D”

No dia 9 de maio acontecerá o dia “D” de vacinação. Neste dia de mobilização nacional, o atendimento será das 8h às 17h em todas as unidades de saúde e ainda nos Rotary de Maricá e Itaipuaçu e na Associação de Moradores de Jaconé.

Segundo a Coordenadora de Imunização de Maricá, Núbia Brum, espera-se vacinar pelo menos 30 mil pessoas. “Pedimos que as pessoas procurem a unidade de saúde mais próxima de suas residências do dia 4 até o dia 22 de maio para receber a vacina. Durante todo o período da campanha de vacinação contra a gripe também serão oferecidas as outras vacinas do calendário nacional de vacinação. É preciso que todos apresentem o cartão de vacinas na unidade para avaliação e administração das doses necessárias”, declarou Núbia.

A coordenadora relata que durante a campanha e no dia “D” de vacinação também será feito o acompanhamento do Bolsa Família. Para isso, é necessário levar o cartão do programa social.

“Mais uma vez realizaremos a campanha contra a influenza. É importante que as pessoas não deixem de tomar a vacina. Aproveitaremos também para atualizar as vacinas que estiverem atrasadas. Lembrando que a BCG e a febre amarela ainda não tiveram o estoque regularizado no Estado”, afirmou a secretária municipal adjunta de Saúde, Fernanda Spitz.

Onde se vacinar

A vacina estará disponível nas Unidades de Saúde de Família Bairro da Amizade, Bambuí, Barra, Espraiado, Guaratiba, Mumbuca, Ubatiba, Jardim Atlântico, Retiro, Ponta Grossa, São José I, São José II, Inoã I, Chácara de Inoã, Inoã II, Recanto, nos Postos de Saúde Central, São José, Inoã, Santa Rita, Ponta Negra e Itaipuaçu, das 8h às 16 horas.​

5 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui