FPSO Cidade de Maricá chega ao Rio

No final de abril, o navio-plataforma FPSO Cidade de Maricá partiu do estaleiro de Chengxi, na China, onde foi realizada a conversão do casco e agora chega adentra a Baía de Guanabara, seguindo para o estaleiro Brasa, onde vai receber os módulos fabricados no Brasil, que o transformarão num navio plataforma com capacidade para retirar e processar 150 mil barris diários de petróleo do fundo do mar: o FPSO Cidade de Maricá, que vai operar no campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos.

A plataforma é de propriedade do consórcio formado pela SBM Offshore, Mitsubishi Corporation, Nippon Yusen Kabushiki Kaisha e Queiroz Galvão Óleo e Gás. A SBM é o sócio controlador do consórcio, com 56%.

FPSO Maricá vai operar no Campo de Lula, na Bacia de Santos.
FPSO Maricá vai operar no Campo de Lula, na Bacia de Santos.

A montagem, como antes foi a do “Cidade de Ilhabela”, destinado ao pré-sal de Sapinhoá, vai começar a ser feita imediatamente no Estaleiro Brasa, em Níterói, onde estão prontas as torres que reúnem filtros, compressores, separadores, geradores de energia e tanques de processamento de óleo e gás que o aguardam, prontas, em terra.

A previsão é de que até dezembro o navio esteja operacional. Em outubro, o estaleiro Brasa, em Niterói, receberá mais um FPSO, o Cidade de Saquarema, para a mesma integração de módulos de produção.

No total, o estaleiro é responsável pela construção de 12 módulos (seis para cada unidade), que, juntos, pesam mais de 13 mil toneladas: de tratamento de água do mar; injeção de água e utilidades; processamento de óleo (A); processamento de óleo (B); tratamento de gás (A); e tratamento de gás (B).

O gerente executivo do estaleiro Brasa, Ivan Fonseca, explica que, em função da similaridade dos FPSOs com o Cidade de Ilhabela, entregue no ano passado, foi possível evitar mudanças no projeto ao longo da construção.“Somos tão ou mais produtivos que qualquer estaleiro asiático”, afirma.

Redação Maricá Info

Levamos até você um jornalismo crítico, com imparcialidade e independência editorial. Aqui você tem voz, participe! Envie sugestões de reportagem e denúncias para o nosso Whatsapp: (21) 99621-9049.

2 comentários em “FPSO Cidade de Maricá chega ao Rio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline