Início Itaipuaçu Itaipuaçu: Moradores de condomínio Minha Casa Minha Vida elegem síndicos

Itaipuaçu: Moradores de condomínio Minha Casa Minha Vida elegem síndicos

(fotos: Fernando Silva)

Moradores do condomínio Carlos Marighella (Itaipuaçu), construído pela Prefeitura através do programa federal “Minha Casa, Minha Vida”, participaram no sábado (03/10) da primeira plenária proposta pela Caixa Econômica Federal, organizada pelo município, para a discussão de regras do regimento interno. Foram eleitos síndicos, subsíndicos e conselheiros, representando os cinco setores do residencial. Ao todo, quase 600 votos foram computados – quorum considerado bastante alto. Segundo a CEF, a participação de uma Prefeitura na intermediação dessa participação dos moradores na aprovação da proposta de regimento interno, como foi feito em Maricá, não é considerada comum. O documento estabelece normas de disciplina, procedimentos e comportamentos às quais todos os moradores e visitantes que utilizem o condomínio são subordinados.

Os moradores votaram de forma democrática para decidir o que manter e também enviaram contrapropostas para alteração dos itens. Ao todo, foram aprovados 100 artigos, divididos em 11 capítulos (disposições gerais, proibições no interesse comum, uso do salão de festas, tráfego e parqueamento de veículos no condomínio, descarte do lixo, uso do salão de jogos e das quadras do condomínio, circulação de animais de

Em processo democrático e transparente, moradores votaram nos candidatos
Em processo democrático e transparente, moradores votaram nos candidatos
estimação em áreas comuns no condomínio, aplicação de indenização por danos causados, regras para entrada e saída de mudanças e penalidades). Entre outras coisas, os moradores decidiram vetar o uso dos apartamentos em qualquer tipo de atividade comercial, aprovaram a obrigatoriedade do uso de focinheira em cães quando transitando nas áreas comuns, velocidade máxima de 10 km/h dentro do condomínio, proibição de furar poços dentro do empreendimento, dias e horários para mudanças que deverão ser comunicadas no dia anterior para a zeladoria e também o pagamento de um pro labore para os síndicos.

William Campos, coordenador do Comitê de Defesa dos Bairros (CDB) do município salientou a importância da participação dos moradores. “Fizemos história. Os condomínios do programa Minha Casa Minha Vida de Maricá não são apenas prédios, mas um movimento social de inclusão, democracia e participação popular na cidade", defendeu. "A participação das pessoas resultará em um condomínio mais harmonioso”, completou.

A coordenadora do programa “Minha Casa Minha Vida” de Maricá, Lene Oliveira elogiou a participação e o empenho dos moradores. “A participação dos condôminos foi fundamental para o sucesso do dia de hoje. Vê-los reivindicando, fazendo propostas e demonstrando zelo pelo condomínio nos prova que estamos no caminho certo. Estão todos de parabéns”, disse.

Após a plenária, os moradores elegeram síndicos, subsíndicos e conselheiros. “Foi um ganho para todos nós. Ver o empenho do povo é algo que nos motiva. Vim para somar”, disse Gualter Ribeiro, síndico do setor B. Jorge dos Santos, que foi eleito síndico do setor E, não conteve a emoção. “Fico feliz em ser o porta voz do meu setor, ajudar ao próximo é gratificante”, disse. Também foram eleitos os síndicos Rogério Cardoso (Setor A), Paulo César Maqueira (C) e Carlos Henrique Soares (D).

Moradores decidiram o que é permitido e proibido no condomínio
Moradores decidiram o que é permitido e proibido no condomínio
Rogério Cardoso (camisa laranja) foi eleito síndico do Setor A
Rogério Cardoso (camisa laranja) foi eleito síndico do Setor A
Gualter Ribeiro (camisa azul) sindico do Setor B
Gualter Ribeiro (camisa azul) sindico do Setor B
Paulo César Maqueira (camisa branca) síndico do Setor C
Paulo César Maqueira (camisa branca) síndico do Setor C
Carlos Henrique Soares (camisa azul) eleito síndico do Setor D
Carlos Henrique Soares (camisa azul) eleito síndico do Setor D
Carlos Henrique Soares (camisa azul) eleito síndico do Setor D
Carlos Henrique Soares (camisa azul) eleito síndico do Setor D

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui