Início Notícias de Maricá Maricá: Moradores do ‘Minha Casa, Minha Vida’ de Inoã entram na justiça...

Maricá: Moradores do ‘Minha Casa, Minha Vida’ de Inoã entram na justiça para ter água

Problemas na tubulação de água e de documentação impediam beneficiários de ocupar os imóveis. (foto: Arquivo / Maricá Info)

Após ficarem sem água nas dependências do condomínio do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, o residencial Carlos Alberto Soares de Freitas, em Inoã, moradores procuraram o pré-candidato a prefeito pelo PSL Robson Giorno para denunciar a situação.

Giorno prontamente atendeu os moradores e, em 24 horas, conseguiu colher mais de 400 assinaturas através de um abaixo-assinado e deu entrada em uma Ação Popular no plantão judiciário em face da Prefeitura de Maricá e da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (CEDAE).

A ação pede o cumprimento do fornecimento e abastecimento de água potável no residencial de Inoã, que já está sendo ocupado por mais de 400 famílias. O condomínio tem 1460 residências e ainda possui problemas de infraestrutura, como esgoto a céu aberto, denunciado por Robson Giorno.

Giorno entrou com a Ação Popular pedindo o reestabelicimento.
Giorno entrou com a Ação Popular pedindo o reestabelicimento.
Giorno impetrou a ação pois o programa do governo federal estabelece que conjuntos habitacionais sejam em locais com infraestrutura de água e esgoto (saneamento básico) e energia elétrica, com creches, escola e posto de saúde na mesma construção. “A prefeitura de Maricá não respeitou nenhuma dessas exigências.” Disse Robson Giorno.

Após o despacho direto com a juíza de plantão, a mesma se julgou impossibilitada de julgar o mérito, requerendo que os autos fossem distribuídos para uma das Varas Cível de Maricá com urgência para análise da questão.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui