Libertação de livros marca pré-lançamento do Festival Internacional da Utopia em Maricá

Em comemoração ao Dia do Professor (15/10), crianças, jovens e adultos participaram nesta quinta-feira do projeto “Libertação de Livros”, iniciativa da Secretaria Adjunta de Políticas Especiais de Maricá em parceria com a Secretaria Executiva de Políticas Sociais. O evento integra o pré-lançamento do Festival Internacional da Utopia e foi realizado no Condomínio Carlos Marighella, do programa “Minha Casa, Minha Vida”, em Itaipuaçu. Ao todo, 1500 livros de todos os tipos de literatura foram libertados. Segundo a organização do evento, cerca de 800 pessoas participaram da atividade.

Os livros, recebidos por doação, foram colocados em estantes e qualquer pessoa pode ler e levar os livros, sem precisar de cadastro. A única exigência é não deixar o livro guardado. “A pessoa lê e passa o livro adiante para um irmão, amigo ou conhecido. O importante é espalhar o conhecimento. Afinal, livro na gaveta não tem utilidade”, destacou o secretário adjunto de Políticas Especiais, Amilcar Carvalho. “Esse é um processo de ocupação cultural dos condomínios do Minha Casa Minha Vida e iremos criar uma biblioteca permanente de libertação de livros”, acrescentou. O evento também teve contação de histórias e teatro para as crianças.

Redação Maricá Info

Levamos até você um jornalismo crítico, com imparcialidade e independência editorial. Aqui você tem voz, participe! Envie sugestões de reportagem e denúncias para o nosso Whatsapp: (21) 99621-9049.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline