Maricá: Abaixo-assinado pede a mudança do nome do novo hospital para Zilda Arns

Petição é direcionada ao prefeito de Maricá, Washington Quaquá (PT). Em cerca de 24 horas, a petição havia sido assinada por mais de 600 pessoas.

Zilda Arns foi uma médica pediatra e sanitarista brasileira, fundadora e coordenadora internacional da Pastoral da Criança e da Pastoral da Pessoa Idosa.
Um abaixo-assinado online em Maricá (RJ) pede que o nome do Novo Hospital que está sendo construído no município seja em homenagem à Zilda Arns. A petição, criada nesta segunda-feira (19), já reúne assinaturas dos insatisfeitos com o nome dado pela Prefeitura de Maricá: Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevera.

O nome do médico argentino-cubano, responsável pela revolução cubana de 1959, tem causado polêmica ao ser atribuída ao hospital em Maricá, cidade da região metropolitana do Rio. Muitos defendem que Che Guevaram foi um assassino e que não merece o nome de um hospital. Outros defendem, citando o fato de que ele foi um médico e responsável pela revolução de um país, Cuba.

Zilda Arns recebeu diversas menções especiais e títulos de cidadã honorária no país. Da mesma forma, à Pastoral da Criança foram concedidos diversos prêmios pelo trabalho que vem sendo desenvolvido desde a sua fundação. Em 2012 numa seleção por um formato internacional, Arns foi eleita a 17° maior brasileira de todos os tempos. Zilda morreu em 2010.

"Somos brasileiros e precisamos ver homenageados os brasileiros que tenham deixado saudades e que nos façam falta pelo grande exemplo de amor ao próximo e trabalhos voluntários." Diz a página da petição.

Redação Maricá Info

Levamos até você um jornalismo crítico, com imparcialidade e independência editorial. Aqui você tem voz, participe! Envie sugestões de reportagem e denúncias para o nosso Whatsapp: (21) 99621-9049.

10 comentários em “Maricá: Abaixo-assinado pede a mudança do nome do novo hospital para Zilda Arns

  • 19 de outubro de 2015 em 16:07
    Permalink

    dar nome de assassino,isso e ridículo!O povo maricaense merece respeito.!

    Resposta
  • 20 de outubro de 2015 em 16:17
    Permalink

    Estou votando por uma opção que representa o bem.

    Resposta
  • 20 de outubro de 2015 em 22:09
    Permalink

    Acho um absurdo dar o nome de Che Guevara que foi um destruidor, para um hospital , em vez de Zilda Arns que salvou tantas vidas e só predicou o bem.

    Resposta
  • 21 de outubro de 2015 em 21:57
    Permalink

    O q che tem a ver com o Brasil? Nem exemplo de nada bom ele é! !! Um assassino endeusado por marias-vai-com-as-outras, só  isso! Zilda Arns, ao contrário,  é  exemplo de dignidade, despreendimento e amor ao próximo! 

    Resposta
  • 22 de outubro de 2015 em 14:44
    Permalink

    Que tal Josip Stalin, Adolf Hintler, melhor ainda Joseph Mengele, já que quer por um nome de assassino. Ptistas só tem merda na cabeça, deixar homenagear uma grande mulher médica brasileira para homenagear um sanguinário revolucionário que os desmiolados do Brasil cultuam é o fim do país

    Resposta
  • 23 de outubro de 2015 em 13:57
    Permalink

    Nomes de patriotas nossos, não Cubanos!!Esta mulher é digna de tal homenagen!!

    Resposta
  • 23 de outubro de 2015 em 17:51
    Permalink

    O nome de um Hospital tem que ser de uma pessoa boa e bem humana, e não de um ser desumano, assassino, estrangeiro, e comunista. 

    Resposta
  • 24 de outubro de 2015 em 16:01
    Permalink

    Vejam no link abaixo quem foi CHE GUEVARA, um assassino cruel, covarde, uma verdadeira BESTA HUMANA !!! A doutora Zilda Arns, ao contrário, merece todas as nossas homenagens pela sua obra em prol dos menos favorecidos !!!
    http://politicosdobrazil.com/?p=316

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline