Maricá: Conselho de Segurança faz reunião no ‘Minha Casa, Minha Vida’ de Inoã

O Conselho Comunitário de Segurança (CCS) realizou na terça-feira (17) uma reunião no residencial Carlos Alberto Soares de Freitas, em Inoã, e reuniu centenas de moradores com autoridades municipais.

Os moradores puderam apresentar os diversos problemas da unidade, como infraestrutura, segurança, etc. A reunião foi conduzida pela presidente do CCS Anna Maria Quintanilha e contou com a presença do subsecretário municipal de segurança pública Alberto Santos, do Comandante da 4a CIA da PM Capitão Barreto, da representante da 82a DP Thais, além da coordenadora do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ em Maricá Lene Oliveira.

Os moradores comentaram sobre o medo que estão tendo em relação ao rodeio que está previsto para acontecer dos dias 19 a 22 de novembro. Eles temem que o local seja invadido e o estacionamento utilizado para outros fins. O Capitão Barreto informou que aguardará até as 18h59 de amanhã e, se realmente o evento for acontecer, ele disponibilizará mais efetivo policial para a região. Barreto também informou que, caso o evento não seja liberado para acontecer, estará lá para cumprir determinação.

O evento também contou com a presença da subsecretária de Assistência Social, Laura Castor, que informou das ações da secretaria para os moradores da região do residencial e de Inoã, fato que não agradou a maioria dos presentes, que queriam ações dentro do condomínio, devido a grande distância do centro de Inoã e a falta de transportes.
O presidente do PSL Robson Giorno, também marcou presença, e solicitou ações dentro do condomínio. Outro presente foi o secretário de cultura Sérgio Mesquita, que informou que em breve a prefeitura estará com oficinas, cinema e outras atividades voltadas ao bem estar da população local, assim como já estão fazendo no MCMV de Itaipuaçu.

Em 15 de dezembro acontecerá uma nova reunião do CCS, dessa vez no Residencial Carlos Marighella, em Itaipuaçu.
A reunião terminou às 20h15 com um recorde de participação nas reuniões do CCS Maricá, onde todas as demandas foram anotadas em ata e serão enviadas aos órgãos competentes.

Redação Maricá Info

Levamos até você um jornalismo crítico, com imparcialidade e independência editorial. Aqui você tem voz, participe! Envie sugestões de reportagem e denúncias para o nosso Whatsapp: (21) 99621-9049.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline