Justiça suspende nomeação de Lula como ministro da Casa Civil

O juiz Itagiba Catta Preta Neto, da Justiça Federal de Brasília, determinou a pouco a suspensão do ato de nomeação do ex-presidente Lula como ministro da Casa Civil do governo Dilma Rousseff.

A decisão do juiz leva em conta que há indícios de cometimento do crime de responsabilidade fiscal. Lula tomou posse na manhã desta quinta-feira (17) no salão nobre do Palácio do Planaldo junto a outros novos ministros. Ele é investigado na operação Lava Jato, que investiga desvios bilionários na Petrobras.

A medida tem alcance nacional e foi determinada por risco ao exercício do Judiciário, com aplicação imediata e, se houver recurso, o mérito vai ser decidido pelo TRF-1ª Região.

“Em vista do risco de dano ao livre exercício do Poder Judiciário, da autuação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, defiro o pedido de liminar para sustar o ato de nomeação do sr. Luiz Inácio Lula da Silva para o Cargo de Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, ou qualquer outro que lhe outorgue prerrogativa de foro”, decidiu o juiz.

Conversas divulgadas através de escutas mostraram ao Brasil o diálogo da presidente Dilma e do ex-presidente Lula, que estariam planejando a nomeação de Lula ‘caso precisasse”.

Redação Maricá Info

Levamos até você um jornalismo crítico, com imparcialidade e independência editorial. Aqui você tem voz, participe! Envie sugestões de reportagem e denúncias para o nosso Whatsapp: (21) 99621-9049.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *