Maricá terá Circuito Ecológico também nas quartas-feiras

Maricá terá Circuito Ecológico também nas quartas-feiras

Os amantes da natureza terão mais um dia na semana para curtir as belezas naturais de Maricá. A partir de agora, o projeto Circuito Ecológico, realizado pela Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente, acontecerá às quartas-feiras e sábados. E o primeiro passeio desta quarta-feira (08/02) será uma caminhada leve, com duas horas de duração, ao Rio Espraiado. Os participantes irão conhecer a Área de Relevante Interesse Ecológico (Arie), no Vale do São Francisco, até o rio da localidade.

Com vagas limitadas (20 ao todo), as inscrições iniciam às 12h desta segunda-feira, na Unidade de Conservação do Espraiado (Rua Thomas Colaço, s/nº) ou pelo telefone 2648-6752. Os interessados preenchem um formulário com documento de identificação, endereço e um termo de responsabilidade de que estão aptos a praticar a atividade física – o circuito não é recomendado para cardíacos. O atendimento é das 9h às 17h.

O ponto de encontro será em frente ao Sítio do Riacho, às 9h. Para quem for de transporte público, sairá um ônibus da Rodoviária do Centro, às 8h20. É importante que os participantes usem roupas leves e trajes de banho, calçado apropriado e chapéu, além de levar água (2 litros, no mínimo), lanche, protetor solar e repelente.

Além da atividade ecológica, os visitantes poderão também conferir uma exposição de fotografias da fauna e flora de Maricá, com assinatura da arquiteta e fotógrafa Renata Gama, na sede da Unidade de Conservação do Espraiado, aberto de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados e domingos, das 9h às 13h. “Continuaremos com as orientações de educação ambiental. É importante sempre recolher o lixo, não desmatar e mexer em animais e nem arrancar plantas”, reforça o subsecretário de Meio Ambiente, Guilherme Motta.

Realizado desde 2013, o projeto já promoveu mais de 200 passeios em 16 circuitos ecológicos da cidade – Serra do Caju (Centro); Caminhos de Darwin e Pedra de Itaocaia (Itaipuaçu); travessia Silvado/Espraiado; Pedra do Silvado; travessia Espraiado/Tomascar; Vale de São Francisco, Cascata da Lagoinha e Rio Caranguejo (Espraiado); Ponta do Fundão (Barra de Maricá); Praia da Sacristia (Jaconé); Farol de Ponta Negra e travessia Sacristia/Farol (Ponta Negra); Serra do Camburi e travessia Cassorotiba/Camburi (Retiro); além da Restinga e aldeia indígena Mata Verde Bonita (São José do Imbassaí).

 

Maria da Praça Marica