Maricá: Sequestro em Araruama termina com perseguição e morte

Um sequestro em Araruama terminou em Maricá, com um bandido morto, um fuzil apreendido e quatro carros recuperados, roubados pelos criminosos para fugir do cerco policial. Apesar das troca de tiros, apenas uma vítima (motorista de um dos veículos roubados) ficou ferida. De acordo com o comando do 12º BPM (Niterói), o sequestrador foi executado a sangue frio pelos próprios comparsas depois que foi atropelado.

Segundo informações da Polícia Militar, o sequestro aconteceu na noite de terça-feira (21). A vítima, um empresário, foi rendido por quatro criminosos (em duas motos) e ficou sob a mira das armas. Em seu próprio carro, foi levado pelos assaltantes até São Vicente, bairro de Araruama, para sacar dinheiro, porém não conseguiu. Por conta disso, os criminosos levaram o empresário até Saquarema, onde já havia um carro – modelo Corola – esperando para dar fuga.

Com o Corola os criminosos seguiram em direção a Maricá, pela RJ-118, mas no trajeto o carro quebrou após cair em um buraco. Sem veículo para fuga, os criminosos renderam um motorista que passava pela via. Além de roubar o carro, fizeram-no de refém, porém por se tratar de um automóvel 1.0, os assaltantes resolveram trocar de carro mais uma vez, escolhendo um Uno. De acordo com o comando do 12º BPM, neste momento os criminosos teriam parado veículos na rodovia atirando contra eles. Já em Ponta Negra, distrito de Maricá, os bandidos trocaram tiros com policiais militares.

Dando sequência na fuga, os criminosos renderam mais um motorista – sempre atirando contra o veículo –, trocaram de carro e fugiram. Neste momento, tanto o empresário quanto o motorista rendido, conseguiram escapar do cárcere dos sequestradores. Correndo, eles se esconderam em um matagal, até os criminosos irem embora.

Ao perceber o cerco em direção a Maricá, os criminosos abandonaram mais uma vez o carro e atravessaram a pista da rodovia da RJ-106 para roubar um automóvel e retornar em direção a Araruama. Mais uma vez eles atiraram contra um veículo, mas o motorista, assustado, não parou e atropelou um dos criminosos. Com a força do impacto o condutor perdeu o controle e bateu metros à frente. Com medo, e baleado, o homem fugiu e se escondeu.

O criminoso ferido foi executado com um tiro na cabeça pelos próprios companheiros, de acordo com informações da PM. Os demais bandidos fugiram e até o fechamento desta edição não haviam sido localizados. As marcas da agressividade dos assaltantes estavam nos carros roubados, cravejados por tiros. Todos foram recuperados e entregues aos seus proprietários. Com o criminoso morto a polícia encontrou um fuzil AK-47 e dois carregadores. O baleado foi socorrido e levado para uma unidade médica em Maricá e segue em estado estável. O empresário prestou depoimento a Polícia Civil, que segue investigando o caso.

Matéria: A Tribuna

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline