Maricá recebe tradicionais tapetes de sal nesta quinta-feira

No dia de Corpus Christi, o município de Maricá recebe nesta quinta-feira (15) os tradicionais tapetes de sal confeccionado por fiéis de diversos cantos da cidade.

Os tapetes serão confeccionados logo pelo início da manhã na avenida Nossa Senhora do Amparo, no Centro, em frente à Igreja Matriz. Esse ano, serão utilizados mais de 7 mil toneladas de sal grosso para a confecção dos tapetes, que se tornou patrimônio imaterial do município.

Por conta da tradição, o trânsito ficará bloqueado na Avenida Nossa Senhora do Amparo, da altura do Colégio Joana Benedicta até a Igreja Matriz, até o final da noite. Acontecerá também a missa, no final da tarde.

A origem da Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo remonta ao século XIII. O papa Urbano IV, na época o cônego Tiago Pantaleão de Troyes, arcediago do Cabido Diocesano de Liège, na Bélgica, recebeu o segredo da freiraagostiniana Juliana de Mont Cornillon, que teve visões de Cristo demonstrando desejo de que o mistério da Eucaristia fosse celebrado com destaque. Por volta de 1264, em uma cidade próxima a Orvieto (onde o já então papa Urbano IV tinha sua corte), chamada Bolsena, ocorreu o Milagre de Bolsena, em que um sacerdote celebrante da Santa Missa, no momento de partir a Sagrada Hóstia, teria visto sair dela sangue, que empapou o corporal (pano onde se apoiam o cálice e a patena durante a Missa). O papa determinou que os objetos milagrosos fossem trazidos para Orvieto em grande procissão em 19 junho de 1264, sendo recebidos solenemente por Sua Santidade e levados para a Catedral de Santa Prisca. Esta foi a primeira procissão do Corporal Eucarístico de que se tem notícia. A festa de Corpus Christi foi oficialmente instituída por Urbano IV com a publicação da ‘bula Transiturus’ em 8 de setembro de 1264, para ser celebrada na quinta-feira depois da oitava de Pentecostes.

Booking.com

Redação Maricá Info

Levamos até você um jornalismo crítico, com imparcialidade e independência editorial. Aqui você tem voz, participe! Envie sugestões de reportagem e denúncias para o nosso Whatsapp: (21) 99621-9049.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *