Maricá: Vereadores debatem falta de uniformes escolares em escolas municipais

A falta de uniformes, mesmo com o contrato assinado com a empresa responsável pela venda, foi assunto principal da sessão realizada nesta segunda-feira (21) na Câmara de Vereadores.

O requerimento feito pelo vereador oposicionista Chiquinho (PP), foi barrado pela maioria governista. De acordo com o vereador Felipe Auni, membro da Comissão de Educação, comentou que a comissão enviou um pedido de informações para a Secretaria de Educação e que ainda está dentro do prazo.

Os vereadores de oposição questionaram a forma como está sendo conduzido os trabalhos, ocultando informações da população. O líder do governo, Fabrício Bittencourt, comentou que a educação de Maricá é referência e a principal preocupação do prefeito Fabiano Horta (PT).

O requerimento foi colocado em votação pelo presidente em exercício Frank Costa, e foi rejeitado por doze votos contrários. Apenas três vereadores foram favoráveis. Os vereadores de oposição questionaram a demora, pois milhares de alunos estão utilizando os uniformes com tamanho menor e alguns até rasgados, como relatou o vereador Ricardinho Netuno.

“A principal função é fiscalizar, é cobrar!” Comentou o vereador oposição Felipe Poubel (DEM), que tem feito diversos requerimentos e nenhum deles foram aprovados, assim como os vereadores Ricardinho Netuno (PEN) e Chiquinho (PP).

Um comentário em “Maricá: Vereadores debatem falta de uniformes escolares em escolas municipais

  • 22 de agosto de 2017 em 02:03
    Permalink

    Gostaria de parabenizar os vereadores ditos como oposicionista pelo empenho em prol da população em cobrar e fiscalizar o bom trato com o dinheiro público no município de maricá.
    Pelo que estamos acompanhando aos trabalhos na câmara de vereadores e dificuldade encontrada ao acesso pelas informações é prestações de CONTAS dos contratos dos serviços prestados pela prefeitura aos ditos oposicionistas é a população de maricá.Cria um ar de desconfiança é tira o CRÉDITO do bom uso do dinheiro público.
    TRISTE ver um município com uma RECEITA FABULOSA é não ter RETORNO para qualidade de vida da população.
    MARICÁ já não suporta mais tanto DESPERDÍCIO com o dinheiro público pelos seus governantes é uma maquina INCHADA de SECRETARIAS é uma gestão só DIRECIONADA ao social.
    SIM ao falso social por que uma população que não tem o BÁSICO para viver com DIGNIDADE que é ÁGUA E TRATAMENTO DE ESGOTO.
    Mais os governantes preferem distribuir dinheiro e serviços grátis ABSURDOS levando uma população cada vez mais carente e DEPENDENTE da prefeitura.
    FINGEM não ver que ao REDOR do centro de maricá é um CAOS com ABANDONO TOTAL.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline