Maricá: Iniciada 2ª etapa da obra de drenagem do Centro

A Prefeitura iniciou nesta segunda-feira (11/09), mais uma etapa da construção da nova rede de drenagem da Rua Álvares de Castro, no Centro. A rede, que exigiu a construção de um extravasor para a lagoa de Araçatiba, e que será interligada ao Canal da Cidade, tem como principal objetivo aumentar a captação e melhorar o escoamento de águas pluviais. Ao todo serão 829 metros de obra sendo que 300 metros já estão concluídos. O investimento total do município é de R$ 3,5 milhões.

“A obra de Araçatiba avança hoje mais uma etapa que é essa drenagem. Anteriormente existiam ali manilhas de 30 cm e todas assoreadas. Era muita areia que dificultava o escoamento das chuvas”, afirma o secretário de Obras Marcos Camara. “Após o processo de pavimentação de todas as ruas do entorno, que já ocorreu, essa segunda fase corresponde a aumentar o diâmetro da galeria da Rua Alvares de Castro permitindo assim, dar melhor vazão nessa região”, explicou. “Optamos por colocar uma galeria de 1,5 metros de largura por 1 metro de altura, o que irá permitir uma maior capacidade de escoamento e possibilitará a ligação da rede com o Canal da Cidade”, completou. “Essa ligação vai acontecer na cota mais alta, bem no topo, quase que na borda da rua, pois assim quando o Canal da Cidade receber um grande volume de água, este não chegará a transbordar, já que o fluxo será direcionado para a galeria que estamos executando na Rua Alvares de Castro. Isso sem dúvida vai reduzir a recorrência de alagamentos naquela região”, conclui Camara.

Para a comerciante Monique de Pardi, que há um ano possui uma padaria no local, a obra está mais que aprovada. “Já presenciei chuvas que alagaram a rua, aqui na porta da padaria mesmo ficou horrível”, afirmou Monique. “Foi preciso até colocar uma rampa para que os clientes pudessem entrar na padaria porque aqui ficava tudo alagado. Não tínhamos bueiros na rua e os que tinham estavam cobertos pela terra. Agora conseguimos vê-los e estou otimista”, completou. “Essa obra está sendo muito boa porque tenho um comércio nesta rua, sou moradora do bairro e amo esse lugar”, frisou a comerciante.

O funcionário público Paulo Roberto, de 54 anos, morador do bairro há 40 anos, contou que quando chove a rua fica ruim até para ir trabalhar. “Essa obra é ótima e necessária. Nunca entrou água na minha casa, mas já tive dificuldade para sair de casa por conta da chuva que não tinha para onde escoar”, relatou. “Sei que não é uma solução para todo tipo de chuva, mas isso aqui vai ajudar muito. Não vai ser uma chuva qualquer que vai encher a nossa rua”, elogiou Paulo. O aposentado Moisés Ribeiro, 90 anos, contou que acompanha as obras sempre que pode e que os moradores deveriam se unir mais para solicitar junto à Prefeitura e aos outros órgãos os serviços que a cidade precisa. “Isso aqui vai melhorar muito no que diz respeito ao escoamento de água da região. Moro aqui há mais de 40 anos e fico feliz quando vejo as coisas se resolvendo. Já reclamei muito”, contou.

Segundo o supervisor de obras Sidnei Silva Nunes, a equipe que trabalha na execução da obra é formada por dezoito homens, todos da Secretaria de Obras, e conta ainda com uma escavadeira, uma retroescavadeira, um caminhão e uma betoneira devido a necessidade de concretagem do fundo. ”Temos que concretar o fundo, pois isso será um extravasor, uma janela para desafogar o Centro de Maricá. Isso vai ajudar a reduzir em até 80% o risco de alagamento que existe hoje”, explicou Sidnei. Começamos essa etapa hoje e a obra toda tem previsão para estar pronta em oito meses. Já foram dois meses de obra e nós andamos bem”, ressaltou o supervisor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline