Maricá: Falta de manutenção prejudica usuários dos ônibus ‘vermelhinhos’

Um problema que se repete desde que a Empresa Pública de Transportes (EPT) assumiu as linhas de concessão da Costa Leste é a falta de manutenção dos coletivos, principalmente do ar condicionado, que, em muitos ônibus, já não funcionam mais.

A reclamação dos passageiros vai além. Como não há delimitação por parte da Secretaria de Transportes sobre os pontos de ônibus, os passageiros relatam que estão tendo dificuldade em desembarcar, entrando em conflito com motoristas, que são orientados a só parar nos pontos. “No último sábado, no meio da chuva, solicitei a parada e o motorista queria me deixar mais de um quilômetro de distância porque no local não era ponto. Falta de consideração e de organização.” Comentou a passageira Gisele Peixoto, de 23 anos.

Com a chegada da primavera e proximidade do verão, o calor será um problema a ser enfrentado pelos usuários caso a EPT não faça a manutenção dos coletivos. A maioria dos ônibus estão com os aparelhos de ar condicionado quebrados, apenas os novos ônibus estão com os aparelhos em funcionamento, mas, sem manutenção.

“Hoje em dia o ar condicionado não é mais luxo, é necessidade. Os ônibus vão andar lotados no verão, muita gente vai passar mal. Não é porque não pagamos que não temos direito de exigir o mínimo de condições no transporte público.” Disse a enfermeira Ana Almeida, de 39 anos, moradora de Ponta Negra.

Redação Maricá Info

Levamos até você um jornalismo crítico, com imparcialidade e independência editorial. Aqui você tem voz, participe! Envie sugestões de reportagem e denúncias para o nosso Whatsapp: (21) 99621-9049.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline