RJ: Deputados Estaduais podem se reunir para derrubar prisão de Jorge Picciani, Paulo Melo e Albertassi

É isso mesmo! Os Deputados Federais do Rio de Janeiro poderão interromper a folga decretada devido ao ‘feriadão’ para reverter a decisão dos desembargadores do TRF-2 que decretou a prisão dos deputados Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi. Ambos são acusados de fazer parte da quadrilha de Sergio Cabral, preso na operação Calicute.

A decisão veio depois de muita negociação, afinal, segundo o regimento, é preciso ter maioria absoluta para reverter as medidas cautelares impostas pela Justiça, o que significa um total de 36 votos favoráveis.

Mas para os nobres terem o que votar amanhã, vai ser preciso antes que a Comissão de Constituição e Justiça elabore o texto a ser levado ao plenário.

Na Casa, a expectativa é que a comissão, já neste momento, esteja debruçada sobre o projeto de resolução.

Três titulares, Carlos Minc (sem partido), Milton Rangel (DEM) e Luiz Paulo (PSDB) disseram, porém, que não foram convocados.

A não ser que estejam reunidos apenas os outros dois integrante, o vice-presidente Chiquinho da Mangueira (PTN) e… suprema coincidência!, Rafael Picciani (PMDB).

Paulo Melo e Edson Albertassi, como diretamente interessados, não poderiam estar no encontro.

Redação Maricá Info

Levamos até você um jornalismo crítico, com imparcialidade e independência editorial. Aqui você tem voz, participe! Envie sugestões de reportagem e denúncias para o nosso Whatsapp: (21) 99621-9049.

4 comentários em “RJ: Deputados Estaduais podem se reunir para derrubar prisão de Jorge Picciani, Paulo Melo e Albertassi

  • 16 de novembro de 2017 em 18:50
    Permalink

    Vivemos a pior de todas as “ditaduras”. Este país é vergonha mundial.

    Resposta
  • 17 de novembro de 2017 em 00:58
    Permalink

    NÃO ACREDITO !!!
    DUVIDO QUE ELES VÃO A CONTRA UMA ORDEM JUDICIAL.
    DUVIDO QUE ELES TENHAM ESTA CORAGEM.
    ORDEM JUDICIAL,SENTENÇA QUEM TEM JUÍZO CUMPRE.
    Caso contrario vai ser um caos para o JUDICIÁRIO e um afronto para toda SOCIEDADE.
    O pais esta passando por uma transformação de valores MORAL e ÉTICO,estamos vendo absurdos cometidos por MAUS representantes políticos.
    GRAÇAS A DEUS temos BONS POLÍTICOS e aos poucos esta sendo EXTIRPADO esta minoria politica CORRUPTA.

    O POLITICO SÓ TEM QUATRO ANOS DE REPRESENTAÇÃO.
    Na hora de representar a população com os poderes na mão, se acha,pensa que e poderoso e esquece que um simples representante com poderes OUTORGADO pela população com DATA inicio e fim de MANDATO.

    DUVIDOOOOOOOOOOOOO!!!!

    Resposta
    • 17 de novembro de 2017 em 06:57
      Permalink

      Não duvide. O STF deu jurisprudência ão deixar o senado decidir sobre Aécio Neves… E o senado o livrou da cadeia…

      Resposta
  • 18 de novembro de 2017 em 04:15
    Permalink

    Caro Alberto Castro, sua certeza de justiça por parte dos “nobres” não se confirmou. Aliás, se confirma que são um bando de politiqueiros, canalhas que acabam com o RJ e o Brasil. Tenho vergonha de ser fluminense.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline