Maricá: Prefeitura mantém vacinação contra febre amarela em todos os postos de saúde

A população de Maricá não tem motivos para se preocupar com os casos de febre amarela notificados em municípios do Estado do Rio. Em 2017, uma ampla campanha da Prefeitura imunizou 98% da população, ou seja, mais de 147 mil pessoas, com a dosagem completa da vacina contra o vírus da febre amarela.

Além disso, a cidade está preparada para vacinar as pessoas que ainda não se imunizaram. Todos os postos de saúde vão vacinar de segunda à sexta-feira, de 8h às 17h. A Unidade de Emergência Santa Rita 24 horas, na Rua 83, no Jardim Atlântico, em Itaipuaçu, também fará a vacinação nos finais de semana. O morador deve procurar a unidade mais próxima de sua residência para se vacinar.

“A nossa população está vacinada. A gente já fez a cobertura vacinal. A vacinação nunca parou em Maricá desde o ano passado. Mesmo assim, todos os postos estão com vacinas para febre amarela”, afirma a secretária de Saúde, Simone Costa.

Maricá foi dispensada pelo Estado do Rio de participar do Dia D de Vacinação contra Febre Amarela que acontecerá no dia 27/01 por estar com 98% de cobertura da população vacinada. No entanto, a unidade Santa Rita, em Itaipuaçu, irá vacinar durante todo o sábado (27/01).

“As ações tomadas em 2017 com o cinturão de bloqueio na região atingida com um caso da doença e logo depois a vacinação em massa em toda a cidade foram conclusivas para que, hoje, Maricá esteja em uma situação bem diferente da que vive várias cidades do Estado. É importante que a população saiba disso e, em caso de dúvidas, procure um posto de saúde mais próximo da sua casa”, afirma o prefeito Fabiano Horta.

Em 2017, após o Estado confirmar um caso de febre amarela em Maricá, a Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, montou um cinturão de bloqueio com vacinação em todos os bairros. A cobertura da imunização foi feita com aplicação das vacinas em todos os postos de saúde e também através de buscas ativas nas residências.

Preciso tomar a vacina novamente?

De acordo coma a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), quem já foi vacinado pelo menos uma vez contra a febre amarela não precisa fazer uma nova visita ao posto de saúde. A avaliação sobre a vacina mostrou que uma única dose é suficiente para proteger contra a transmissão da febre amarela.

Até alguns anos atrás, a recomendação era de que a vacina fosse renovada de dez em dez anos, mas em 2014 a Organização Mundial da Saúde (OMS) mudou sua orientação quando concluiu que o reforço da dose não é necessário para manter a proteção contra a doença.

No início de 2017 o Brasil adotou a recomendação da OMS.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *