Início Notícias de Maricá Maricá realiza primeira feira de adoção de cães e gatos em 2018

Maricá realiza primeira feira de adoção de cães e gatos em 2018

A Prefeitura de Maricá, por meio da Coordenadoria de Proteção Animal, realizou no último sábado (03/02), na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro, uma grande Feira de Adoção de Cães e Gatos. A ação permaneceu no local das 9h às 15h e teve como objetivo encaminhar para um lar responsável os animais em estado de abandono que atualmente estão sob os cuidados dos “Protetores de Animais” do município. Dos 30 animais disponíveis foram adotados 17 cães e oito gatos.

De acordo com a coordenadora de Proteção Animal, a médica veterinária Milena de Almeida Melo Costa, todos os animais adultos colocados para adoção já estavam castrados, adultos e filhotes vacinados e vermifugados. Durante a feira, também era possível doar ração e medicamentos de uso veterinário para que fossem encaminhados aos protetores com o intuito de ajudar nos cuidados dos que ainda não foram adotados.

“Muitas pessoas infelizmente ainda cometem o crime de abandono de animais e às vezes deixam na porta de quem gosta muito, a quem nós damos o nome de Protetores. Eles nos procuram e pedem a nossa ajuda e uma das formas de ajudar é promovendo uma feira de adoção”, contou Milena. “A nossa meta, a partir de agora, é realizar outros eventos como esse durante o ano, além de outras ações que estão sendo colocadas em andamento e que em breve iremos divulgar para a população”, adiantou a coordenadora.

O pequeno João Rodrigues, de 6 anos, acompanhado do pai, Bruno Rodrigues, se encantou com os filhotes e adotou dois gatinhos. “Eu amo gatos. Eu já tenho outros bichinhos, mas como eu amo gatos vou adotar esses também”, disse João com o filhote no colo. “Um deles vai ficar com a minha tia”, revelou.

O pedreiro Alexander Pontes, de 44 anos, morador de Jaconé, contou que estava passando pela praça quando viu um cãozinho tentando pular a cerca e ficou encantado. “Eu amo cães e quando vi esse aqui tentando fugir resolvi adotar”, afirmou Alexander. “Recomendo a todo mundo adotar um bichinho, mas com responsabilidade, pois tem que cuidar com boa alimentação, vacinação, veterinário, banho e muito carinho. Ter um animal de estimação tem um custo, mas vale a pena”, garantiu Alexander.

Para quem deseja adotar e não pôde comparecer a Feira de Adoção, basta se dirigir a sede da Coordenadoria de Proteção Animal, que fica na Rua Prefeito Hilário Costa e Silva, nº 100, no Parque Eldorado, que será realizado o encaminhamento junto aos protetores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui