Início Notícias de Maricá Maricá: Vereadores cobram presença do Exército para reforçar segurança

Maricá: Vereadores cobram presença do Exército para reforçar segurança

A segurança pública voltou a ser tema de debate durante sessão ordinária na Câmara Municipal de Maricá. Os vereadores pediram melhorias para o município, incluindo a presença de militares faz Forças Armadas assim como vem acontecendo na Capital do Rio de Janeiro.

O vereador Rony Peterson (PR) mais uma vez falou dos recorrentes assaltos que ocorrem nos bairros de São José e Marine. Ele afirmou que pedirá apoio do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), pois segundo ele, a incidência é maior na RJ-106.

“Me incomoda a insegurança. No loteamento São José e Marine estão tendo assaltos diários. Fiz questão que as pessoas fizessem ocorrência porque existe a mancha criminal. A Polícia Militar e Civil tem feito o melhor trabalho. Mas, a viaturas da PM só funcionam com a ajuda de pessoas. Alguém ajuda de um jeito e isso é uma pouca vergonha. A prefeitura tem feito todo o possível com Proeis”.

Em resposta, o presidente da Câmara, Aldair de Linda (PT), explicou que pedirá ajuda à deputada estadual, Rosângela Zeidan, para que militares do Exército sejam enviados também para Maricá.

“Vou enviar ofício para que ela cobre ao Estado que mande o Exército para tomar as providências, não só no Centro, mas nas adjacências. Podem encaminhar para meu gabinete o que for de competência do Estado para apresentar à deputada”.

A segurança no trânsito também foi abordada na sessão. O vereador Marcinho da Construção (DEM) cobrou ação da Secretaria de Segurança quanto à sinalização de cruzamentos em Itaipuaçu.

“Meus pais sofreram um acidente em Itaipuaçu em um cruzamento sem sinalização. Felizmente eles não sofreram nada. Mas, venho em tom de cobrança porque venho fazendo indicações que não são atendidas”.

O vereador Felipe Paiva (PC do B) falou da necessidade de implantação de quebra-molas. Ele mencionou a Rua 83, em Itaipuaçu.

“A 83 virou pista de corrida. Já pedi quebra-mola e sei que vamos avançar”. O presidente Aldair de Linda aproveitou para anunciar que foi dada ordem de serviço esta semana para que mais 30 ruas sejam asfaltadas no Jardim Atlântico. Ele informou ainda que são colocados guard-rails na Ponte Zumbi dos Palmares em Itaipuaçu.

Já Ismael Breve (DEM) solicitou melhorias nas rodovias RJ-106 e RJ-124. Ele pediu que a prefeitura de Maricá, mesmo não sendo sua atribuição, dê atenção às rodovias para evitar mais acidentes.

“Voltou a ter buraco em toda a RJ-106. Sabemos que a prefeitura não tem medido esforços. A RJ-124 em Ponta Negra também tem buracos perigosos”.

Infraestrutura – O vereador Ricardinho Netuno (PEN) reclamou de um poste localizado na ponte situada na entrada do Mumbuca.

“Quero falar do poste ali na entrada da Mumbuca. Estamos vendo acidentes acontecendo ali. O prefeito já teria pedido e a Enel nada fez. Venho falar também sobre a pista de skate sendo feita no Boqueirão. Há anos a pista está sendo construída”.

Chiquinho ainda aproveitou para denunciar que há moradores do Minha Casa, Minha Vida vendendo apartamentos no residencial. Em resposta, o presidente da Câmara, Aldair de Linda (PT), salientou que é preciso cobrar fiscalização no local. Ele explicou ainda que a prefeitura irá tomar medidas e que irá murar todo o condomínio.

“Esse é um projeto do Governo Federal e não cabe à prefeitura tomar as providências. Mas, estamos montando uma equipe para tomar medidas cabíveis. O MCMV foi um projeto legal, mas foi mal administrado. Na época a Secretaria de Assistência Social tinha que adequar a pessoa humilde ao projeto. Tinha que ter renda mínima, Cartão Mumbuca”.

Aldair explicou ainda que está sendo montada uma equipe na prefeitura para fazer a fiscalização de terrenos em Maricá. O vereador Tatai (PTB) agradeceu à prefeitura pelas obras ocorridas em Santa Paula.

Saúde e Educação – O vereador Chiquinho (PP) pediu atenção da prefeitura quanto à necessidade de um mamógrafo. Ele aproveitou para pedir a regularização do Bilhete Único Universitário.

“Peço à secretária de Saúde, que traga um mamógrafo. Dia 8 é Dia da Mulher e esse caminhão deixaria as mulheres felizes da vida. Venho falar do Bilhete Único. Tem muitos estudantes que não têm condição de pagar passagem. Eles pagam R$ 200 por mês. Recebi reclamação novamente sobre os ônibus escolares”.

O vereador Robgol (PT) agradeceu à Secretaria de Saúde pela ação social realizada no bairro da Amizade, no sábado. Ele aproveitou para pedir apoio da prefeitura quanto ao número de pessoas em situação de rua em Maricá.

“Agradeço a Simone pela grande ação social no bairro da Amizade feito no sábado. O evento atendeu centenas de pessoas. Foi ação muito importante. Sobre os moradores de rua, sabemos que são pessoas de outros municípios, mas precisamos resolver isso”.

O vereador Filippe Poubel (DEM) denunciou um possível caso de negligência médica no Hospital Conde Modesto Leal. Segundo o parlamentar, os médicos teriam atendido, receitado e liberado um paciente com suspeita de enfarto. Ele explicou ainda que uma médica de família que identificou que o paciente teria sido picado por uma aranha e o encaminhou ao Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo.

O vereador Felipe Auni (PSD) levou à tribuna esclarecimentos referentes às denúncias apontadas pelos vereadores. Sobre a ausência de médicos no posto de Saúde em Guaratiba, ele explicou que em breve chegará um profissional no local. Sobre falta de ambulância em Ponta Negra, Auni informou que assim que o posto 24h for construído, haverá um veículo de socorro.

“Quanto à picada da aranha (denunciada por Filippe Poubel), tenho acompanhado com a secretária essa situação. Infelizmente isso acontece e não houve o diagnóstico precoce. Achei estranho um diagnóstico de infarto e ter liberado. O que a secretária me passou é que estão sendo tomadas todas as providências”.

Ordem do Dia – Foram votadas algumas moções durante a sessão de hoje (5). O vereador Chiquinho (PP) propôs moções a Marcos Alexandre Conceição pelo trabalho na Cultura da cidade. O vereador Marcinho da Construção (DEM) também propôs moções ao terceiro sargento da Polícia Militar, André Batista; ao cabo da PM, Jeferson Costa Gil; ao soldado, Júlio César de Lemos; ao cabo da PM, Carlos Alexandre de Souza; ao segundo sargento, Anderson Medeiros; ao cabo Wagner de Souza. As moções foram votadas e aprovadas.

1 COMENTÁRIO

  1. MARICÁ infelizmente esta caminhando para um CAOS,os mesmo vereadores que alimentam esta desordem com ações SOCIAIS, que vem na contra mão da necessidade é prioridades dentro município, afastando cada vez mais o progresso e seu desenvolvimento.
    MARICÁ ,cresceu uma chama de desenvolvimento em apenas 15 anos ,mais já esta perdendo fôlego por falta de infraestrutura e pior sequer não tem ÁGUA é ESGOTO, por falta de cobrança de investimento e comprometimento da mesma câmara de vereadores, com isso começa o processo de DEGRADAÇÃO dentro do município de maricá.
    OBSERVE : Com a falta de infraestrutura (ÁGUA é ESGOTO) afasta todos os grandes investidores é moradores acabando com a mão de obra local.
    Criando um abandono do município por falta de mercado de trabalho,insegurança é com a falta dos serviços Básicos dentro do município.
    CAOS toda receita do município esta comprometida com os serviços sociais transporte gratuito,horta,moeda e outros.
    INVESTIMENTO:Obras,obras,obras que no futuro próximo serão todas refeitas.
    CAOS maricá não atrai mais grandes e pequenos investidores.
    CAOS maricá esta perdendo trabalhadores e sua mão de obra por falta de investimento das PRIORIDADES (ÁGUA,ESGOTO ),é serviços básicos dentro do município.
    CAOS maricá esta afastando moradores é correndo o risco de parar no tempo com suas mazelas.
    Á POPULAÇÃO DE MARICÁ VAI PAGAR UM PREÇO ALTO POR FALTA DE NÃO PARTICIPAR ,COBRAR E FISCALIZAR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui