Início Notícias de Maricá Governo do Estado quer privatizar RJ-106

Governo do Estado quer privatizar RJ-106

O Governo do Estado lançou nesta quarta-feira (11) um edital de chamamento para a concessão de rodovias estaduais, o que inclui a RJ-106, principal rodovia de ligação da cidade de e Maricá com municípios vizinhos.

Nessa primeira fase, será autorizada a elaboração da modelagem da concessão das vias. Os interessados têm, a partir desta quarta-feira (dia 11), data de publicação do lançamento do edital no Diário Oficial estadual, 30 dias para apresentar propostas para autorização da elaboração e, depois de autorizados, mais quatros meses para conclusão dos estudos.

O processo que culminou no lançamento do edital foi conduzido pelo então secretário da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico, Christino Áureo.

– As concessões vão contribuir para que o desenvolvimento econômico chegue, efetivamente, ao interior do Estado, já que um dos principais gargalos da economia, não apenas no Rio, mas no país, é a deficiência da malha rodoviária. Esse é um legado importante para a economia fluminense – afirmou ele.

Os lotes de concessão foram divididos em três grupos, com aproximadamente 200 kms, que englobam diferentes regiões do estado. No grupo 1, o lote Sul Fluminense abrange as rodovias RJ-127 (entre a Dutra -BR-116- e a Rodovia Aço -BR-393), RJ-145 (entre a Dutra e a Rod 151) e RJ-155 (entre a Dutra e a Rio Santos). Já o lote Noroeste é formado pelas RJ-122 (entre a Rio Teresópolis e o entroncamento com a RJ 116), RJ-158 (entre a BR 393 e a RJ 160), RJ-160 (entre a RJ 158 e a RJ116) e RJ-186 (entre as divisas de MG e ES), que beneficiam municípios como Cachoeira de Macacu, Itaperuna, Bom Jesus de Itabapoana, entre outros.

O lote Litoral Norte engloba a RJ 106 (entre a RJ-104 e a BR 101N) e a RJ-162 ( entre a RJ-106 e a BR-101 N), fazendo a conexão entre São Gonçalo e Macaé, passando pela Região dos Lagos, com destaque para o trecho entre Rio das Ostras e Macaé, além dos acessos a Armação dos Búzios e Cabo Frio. Ainda, deverá ser estuda uma solução global que incluam as rodovias RJ 169 e a RJ 140.

O grupo dois abrange as Vias Metropolitanas: a RJ-103 Transbaixada, que ainda será construída; a Via Light (RJ-081), com um novo trecho de 7 km; e a Linha Vermelha (RJ-071) com 6 km a mais que o trajeto original. O grupo três será formado pela nova rodovia, a RJ-244, com aproximadamente 45 km de extensão e que vai ligar a BR-101 na altura de Campos até o município de São João da Barra, onde fica o Porto do Açu.

3 COMENTÁRIOS

  1. Os vagabundos, ladrões e ordinários querem colocar pedágio para o povo babaca e idiota pagar mais essa conta, enquanto isso, roubam, continuam roubando e zombando do povo. Como esse povo daqui da Brazuela é 65% um bando de imbecis, idiotas, sem instrução, sem caráter, pilantras etc esses desgraçados políticos continuam impunes e enfiando no rabo do povo. Que merda de republiqueta, que merda de povo, que merda de tudo. A Brazuela é o cú do mundo e o povão (65%) é o cocô mai pútrido e fétido do planeta.

  2. Os vagabundos, ladrões e ordinários querem colocar pedágio para o povo babaca e idiota pagar mais essa conta, enquanto isso, roubam, continuam roubando e zombando do povo. Como esse povo daqui da Brazuela é 65% um bando de imbecis, idiotas, sem instrução, sem caráter, pilantras etc esses desgraçados políticos continuam impunes e enfiando no rabo do povo. Que mierdha de republiqueta, que mierdha de povo, que mierdha de tudo. A Brazuela é o “kú” do mundo e o povão (65%) é o cocô mais pútrido e fétido do planeta.

  3. Vemos na foto como a administração estatal é incompetente, ruas cheias de buracos, mal sinalizadas e sem manutenção. Diferentemente quando você passa por uma via Dutra e parece andar num tapete. Privatização é a melhor opção para o estado. Quem não quer pagar pedágio, pague mecânico pra consertar carro quebrado com tantos buracos, sem contar os riscos de acidentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui