Vereador Poubel denúncia nomeação de mulher de Marcelo Sereno, preso em desdobramento da operação Lava Jato

O vereador Filippe Poubel denunciou nesta quinta-feira (12) que a mulher do ex-secretário Marcelo Sereno, preso hoje em desdobramento da operação Lava Jato, é nomeada na prefeitura de Maricá.

“Depois da prisão de Marcelo Sereno na lava jato homem de confiança de Quaquá ex-prefeito de Maricá, Presidente Estadual do PT, começamos a montar o quebra-cabeça.” Diz Poubel em sua página no Facebook.

“O representante do estaleiro Keppel Fels no Brasil e fornecedor da Petrobras , Zwi Skornicki, disse em acordo de colaboração premiada ter realizado o pagamento de propina direcionada ao PT por meio da empresa Sama planejamento e gestão empresarial firma que pertence a mulher de Sereno Cátia Bertoti.” Comentou Poubel.

“A mulher de Sereno também é dona de uma boutique de roupas em Ipanema e agora pasmem: Adivinha onde Cátia Bertotti aparece o nomeada?Na Prefeitura de Maricá como assessora nível 1, com salário de R$ 4800.” Enfatizou o parlamentar.

“Será que ela trabalha? Será que ela é fantasma? Será que sua loja em Ipanema é para lavar dinheiro? Seria ela ponta do Iceberg?” Finaliza Poubel.

Redação Maricá Info

Levamos até você um jornalismo crítico, com imparcialidade e independência editorial. Aqui você tem voz, participe! Envie sugestões de reportagem e denúncias para o nosso Whatsapp: (21) 99621-9049.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *