Início Notícias de Maricá Arrastão em bairros de Maricá geram discussão na Câmara dos Vereadores

Arrastão em bairros de Maricá geram discussão na Câmara dos Vereadores

Durante o fim da tarde e o início da noite desta terça-feira (17) roubos em série ocorreram nos bairros de Ubatiba e Vale da Figueira. Diversas casas foram saqueadas e até houve reféns em algumas residências. O fato gerou discussão e preocupação durante sessão ordinária ocorrida nesta quarta-feira (18). O vereador Robgol (PT) repudiou a ação criminosa e afirmou com veemência que é preciso agir rapidamente.

“Três meliantes à luz do dia invadiram uma casa e fizeram a família de refém. Fizeram outra família refém ao lado. Deram tapa na cara. Eles pegaram a rodovia e assaltaram um depósito e um mercadinho. Tivemos reunião na semana passada com o comandante do BPRv e mais uma vez acontece algo assim”.

O vice-presidente, Frank Costa (Solidariedade) afirmou que ficou preocupado com a segurança e conforto do maricaense. “Eles vieram até Ubatiba e foram embora. O que me deixa preocupado é a hora e a distância. Sequer uma blitz ou viatura. Isso me deixa assustado porque chamam o coronel do batalhão e ele diz que não pode aumentar efetivo”.

Ricardinho Netuno (Patriotas) pediu o retorno dos policiais militares aos módulos de segurança. Em resposta, o presidente da Câmara, Aldair de Linda (PT) explicou que os policiais não ficam parados por uma questão estratégica.

“O sistema de segurança é de rodízio. A viatura parada não significa nada. O vigilante está com o rádio de comunicação e entra em contato com os policiais. Elas ficam rodando e fazendo círculo de segurança. O carro parado não trará segurança ao município”.

Aldair informou ainda que já procurou o Estado por diversas vezes pedindo ajuda para melhorias na segurança do município. “Nunca fomos atendidos pelo Estado ao longo de 11 anos aqui. Vamos ter que arrumar outra solução. Acho que vamos ter que assumir a segurança do município”.

O vereador Felipe Auni (PSD) explicou que foi firmada uma parceria entre o município e o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) para solucionar o problema de violência na rodovia. “Vamos ter parceria com município e BPRv e vamos atender a essa linha citada. O trabalho ostensivo será aumentado agora na utilização desses módulos”.

Ismael Breve (DEM) sugeriu a ampla divulgação dos números dos módulos de segurança e DPOs.

Saúde – Os casos suspeitos de febre Chikungunya estão preocupando os parlamentares. Chiquinho (PP) e Rony Peterson (PR) elogiaram a Secretaria Municipal de Saúde pela agilidade ao enviar agentes de endemia e carro fumacê para a localidade de Ponta Grossa que tem sofrido com um possível surto. O vereador Rony Peterson que a população tome certos cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, causador da doença.

“Quero falar sobre o surto de Chikungunya em nossa cidade e que vem causando estrago em todos os bairros, mas principalmente em Ponta Grossa. Lá há dezenas de casos de pessoas doentes. Em abril eu solicitei fumacê também em Ponta Grossa. Já tem equipe de endemia fazendo o trabalho. A população precisa colaborar também”.

O vereador Chiquinho (PP) parabenizou a agilidade da Secretaria de Saúde. “Quero parabenizar a secretária de Saúde, Doutora Simone. Ontem estive na associação de moradores em Ponta Grossa onde fui chamado pelo risco de Chikungunya. Lá já tem 60 casos. Liguei para a doutora Simone e ela disse que mandaria uma equipe para lá e um carro fumacê e hoje já tem as equipes com mais de 20 pessoas e o carro está lá. Parabenizo também os componentes da Comissão de Saúde”.

Siga-nos no Facebook:

O vereador Filippe Poubel voltou a apresentar denúncias sobre a saúde da cidade. Poubel explicou que há irregularidades no posto de saúde em São Bento da Lagoa. “Tenho vindo cobrar prioridade e tenho falado de negligência médica no município. Comentei em rede social e tive diversos relatos que estão na dependência do poder público na área de saúde e não estão sendo atendidos”.

O presidente da Comissão de Saúde, Dr. Felipe Auni, convidou a população e os vereadores para a audiência pública da saúde que ocorrerá no dia 26 de abril, às 10h, no plenário da Câmara. O vereador Dr. Richard falou sobre o concurso público que deverá ser realizado em Maricá e pediu valorização dos profissionais da saúde no certame.

Infraestrutura e Acessibilidade – O vereador Marcinho da Construção (DEM) agradeceu ao Poder Executivo pelas indicações atendidas em Inoã e Itaipuaçu. “Hoje venho falar de uma indicação que está sendo atendida na Rua Fernando Mendes, em Inoã, de uma praça que está sendo reformada. Faço meu apelo aos moradores que possam denunciar os maus elementos que destroem o trabalho que está sendo feito”.

O vereador Tatai (PTB) agradeceu pelas obras iniciadas no Spar e Santa Paula, mas também pediu atenção quanto a um buraco em frente à unidade de saúde de Santa Paula. O vereador Ismael Breve (DEM) solicitou melhorias na acessibilidade para deficientes físicos.

Educação e Economia – O vereador Ricardinho Netuno (Patriota) solicitou a construção de quadras poliesportivas nas unidades de ensino de Maricá. “Hoje foi lida indicação minha solicitando a construção de quadras esportivas em escolas que ainda não têm. Peço à Secretaria de Educação que dê prioridade em construir essas quadras”.

Netuno pediu explicações quanto ao uso do Fundo Soberano. Ele pediu responsabilidade quanto ao uso da verba e afirmou que é importante utilizar o dinheiro em áreas de importância. Em resposta o vereador e líder do Governo, Fabrício Bittencourt (PTB) salientou as melhorias feitas pela prefeitura nos últimos meses.

“O governo Fabiano Horta asfalta um quilômetro por dia. O governo criou mais duas linhas de ônibus, aumentou frota da EPT, a moeda Mumbuca chega a 20 mil atendimentos. O governo está tentando uma municipalização da rodovia para intervir ali, sinalizando, colocando novas passarelas até com elevadores. São obras estruturantes. São projetos em execução. Tem município que não tem orçamento de R$ 30 milhões no ano inteiro e estamos rendendo dinheiro para serviço público. Isso é gestão”.

Ordem do Dia e entrega de moções – Foi votada a inserção de emenda ao PL nº 40, que altera o artigo 1º da lei 2.726. A alteração foi votada e aprovada.

Foram entregues moções por meio do vereador Robgol à Lourimar Dornelles, diretora estudantil e a Maria de Fátima Carneiro, funcionária do Centro de Imagem. Também foi dada moção pelo vereador Ismael Breve ao comerciante Maurício Chagas, dono do quiosque Barracuda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui