Início Itaipuaçu Maricá: Vereadores pedem autorização para obras na Lagoa do Barroco

Maricá: Vereadores pedem autorização para obras na Lagoa do Barroco

Após pedidos do presidente da Câmara, Aldair de Linda (PT), a prefeitura iniciou o processo de revitalização na Lagoa do Barroco, em Itaipuaçu. Depois do o início das obras, ambientalistas denunciaram ao Instituto Estadual do Ambiente (Inea) problemas na execução do serviço, incluindo também a presença de jacarés na área. Com isso, a obra foi embargada pelo órgão estadual. Durante sessão ordinária ocorrida na manhã desta segunda-feira (18), o presidente da Câmara lamentou a atitude dos ambientalistas. Segundo Aldair, a Lagoa do Barroco foi criada pelo homem há anos, não sendo uma área natural. Ele afirmou que não existem jacarés ou animais silvestres no local, não havendo qualquer risco para o Meio Ambiente.

“Quero registrar minha indignação. Estou na Casa desde 2008 e peço a limpeza da Lagoa do Barroco e meia dúzia de ambientalista denunciou as obras. Aquela área foi criada pelo homem. Retiraram material no passado e virou lagoa. Aquela área fica largada. Chega o verão as crianças não podem se banhar. A secretaria de Obras estava fazendo um ótimo trabalho ali. No sábado eu vi dois ambientalistas lá medindo quanto foi tirado de mato da lagoa”, disse Aldair.

Segundo o presidente, atitudes como essas estão atrapalhando o desenvolvimento do município. O vereador Felipe Paiva (PC do B) corroborou com a fala do presidente. “Quero parabenizar sua fala, presidente. Aquele lago é um sonho antigo dos moradores do São Bento. Sabemos da importância dessa obra. Para atrapalhar tem um monte de gente. Não tem porque os ambientalistas atrapalharem a obra porque aquilo não é lagoa”, comentou Paiva.

Marcinho da Construção (DEM) também lamentou o embargo da obra. “Parabéns pela atitude de lutar pelo povo. Sempre vai ter alguém para atrapalhar. Não é só com a Lagoa do Barroco que tem esse problema. Ambientalistas preferem que joguem esgoto ali dentro. Isso é uma maneira de aparecer”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui