Início Notícias de Maricá Maricá: Defesa Civil participa de curso de orientação de combate a incêndios...

Maricá: Defesa Civil participa de curso de orientação de combate a incêndios em matas

A Defesa Civil de Maricá, em parceria com o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), realizou, durante dois dias (11 e 12/09), um curso no Parque Estadual da Serra da Tiririca (Peset) de combate ao fogo em vegetação, voltado especialmente para os períodos de estiagem onde aumenta consideravelmente o risco de queima nas matas de Maricá. A iniciativa foi do Inea e do Peset, que identificaram que na região os riscos de um incêndio são iminentes e, para a prática, utilizaram um terreno particular cedido pelo proprietário, no Barroco, para que as simulações de fogo em vegetação pudessem ser executadas com segurança e os participantes tivessem uma real noção de como deve ser realizado o combate.

Nas palestras, realizadas para os voluntários da Peset e agentes das Defesas Civis de Maricá e Niterói, o major Gilvane Dias, da Defesa Civil de Maricá, e o coronel Wallace Medeiros, da Defesa Civil de Niterói, falaram sobre como as prefeituras vem trabalhando no combate aos incêndios florestais e, pelo Parque estar localizado num ponto estratégico que une os dois municípios, como podem unir forças para que o trabalho seja realizado com excelência, tanto pelas equipes de Maricá, como pelas equipes de Niterói.

“Com o incentivo do secretário da pasta, Luiz Carlos dos Santos, pudemos explicar como o município de Maricá vem se preparando caso ocorra este tipo de desastre e como podemos acioná-los, caso seja necessário e houve uma troca de experiências também com os agentes do Peset que puderam nos explicar como eles trabalham essa questão também em Unidades de Conservação do município”, explicou o major.

Siga-nos no Facebook:

O gestor do Peset, Alexandre Ignácio, também afirmou que unir as forças é essencial para que o trabalho desenvolvido com as equipes seja satisfatório.

“Estamos realizando este trabalho também com outras Unidades de Conservação para que todos estejam alinhados, caso se faça necessária a ação de todos e é importante replicar, junto aos guarda-parques, as orientações e as condutas necessárias caso algum evento de incêndio ocorra no entorno do parque”, concluiu.

Na parte prática, os participantes aprenderam sobre o correto uso dos abafadores e das mochilas d’água, que são itens necessários no primeiro momento do combate. Além de aprenderem, na teoria, o que pode causar os incêndios na vegetação em época de estiagem, os voluntários aprenderam qual é a melhor abordagem nestes casos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui