Início Cultura Maricá: Feiras se unem para ampliar atrativos ao público neste fim de...

Maricá: Feiras se unem para ampliar atrativos ao público neste fim de semana

As secretarias de Cultura e Economia Solidária se uniram e vão levar seus expositores à Praça Orlando de Barros Pimentel (Centro) desta sexta-feira a domingo (14 a 16/09). Quem quiser poderá comprar alimentos, temperos, artesanato, orquídeas, plantas ornamentais, vasos e insumos no mesmo lugar, das 9h às 22h, utilizando dinheiro, cartão de crédito ou mesmo o cartão Mumbuca, aceito pela maioria dos comerciantes participantes.

No local, já estão presentes os integrantes da “Feira Livre Solidária” e do “Maricá Mostra Cultura” que traz como convidado o “Orquidário Imperial”, que é da cidade e tornou-se referência no estado do Rio de Janeiro. “Resolvemos unir o útil ao agradável para oferecer autonomia à comunidade maricaense e dar visibilidade ao trabalho que desenvolvem colocando música e atividade artística em torno do evento”, disse a secretária de Cultura, Andrea Cunha. “A Feira acontece todo domingo na praça, mas durante este fim de semana os feirantes foram convidados a permanecer na praça de sexta a domingo, criando uma dinâmica benéfica entre os dois eventos”, completou o secretário de Economia Solidária, Diego Zeidan.

Responsável pelo Orquidário Imperial, Rodrigo Aragão, acredita que essa junção vai atrair mais público. “Já é tradição o Maricá Mostra Cultura nos acompanhar, mas este ano ganhamos um espaço 30% maior, o que nos permitiu trazer uma variedade maior de plantas em relação ao que tínhamos na última edição. Além disso, estamos às portas da primavera, o que já é um excelente atrativo para as pessoas quererem estar num ambiente aberto apreciando a natureza. E essa unificação de forças tem contribuído para alavancar projetos similares”, justificou.

Siga-nos no Facebook:

Entre as novidades oferecidas pelo Orquidário, quatro oficinas, sendo duas de cultivo de orquídeas e duas de informações sobre pancs (Plantas alimentícias não convencionais). “Tem bastante coisa interessante acontecendo simultaneamente. Então vale à pena participar. Entre as plantas que trouxemos tem cactos, suculentas, rosas do deserto, samambaias, antúrios, mini-antúrio negro e orquídea joia (que é belíssima e bem rara)”, emendou o responsável.

Coordenadora do Mercado das Artes e da Feira de Mostra e Cultura, Rosely Pelegrino frisou que a união do projeto acontece, a partir de agora, quatro vezes por ano, quando haverá também a exposição de orquídeas. “Assim facilitamos tanto para o visitante quanto para as pessoas que vão expor, pela oportunidade de mostrar ao público todo o trabalho desenvolvido na cidade”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui