Início Notícias de Maricá Maricá: Orla de Jaconé recebe rede de drenagem

Maricá: Orla de Jaconé recebe rede de drenagem

Quase dois meses após o início das obras, a urbanização dos quatro quilômetros da orla de Jaconé que ficam dentro de Maricá continua avançando. O trabalho segue mesmo nesta semana chuvosa e a equipe da Secretaria de Obras atua na instalação da rede de drenagem da Avenida Beira Mar, que terá cerca de 3,5 quilômetros. De acordo com a equipe, o escoamento das águas pluviais será feito em direção a córregos próximos à via.

A intervenção acontece no trecho ao lado da área do futuro porto até a altura da Rua 57, onde fica o limite com a vizinha Saquarema. No projeto está prevista a instalação de calçadas em ambos os lados da via, sendo que a que fica no lado da praia terá uma largura de 3 metros e um reforço de estrutura para conter possíveis ressacas do mar. Haverá ainda uma ciclovia, baias para pontos de ônibus, vagas de estacionamento e iluminação, além da acessibilidade, tendo o leito da avenida uma largura de 8 metros.

A previsão de conclusão da obra é para o próximo ano, mas os moradores e comerciantes da Avenida Beira Mar acompanham atentamente cada etapa. “Essa era uma luta de mais de 30 anos de nossa comunidade. O governo cumpriu a promessa de investir em Jaconé e em breve o ganho de tempo e qualidade de vida será grande”, acredita o presidente da Associação de Moradores de Jaconé, Ademir Dorigo.

Dona de uma loja de licores da via, Leda Maria dias, de 67 anos, espera bons negócios com as melhorias. “Isso é tudo de bom! Acho que vai melhorar tudo aqui, inclusive para nós vendermos mais”, projeta ela, que há 10 anos foi morar no bairro vinda da Penha (Zona Norte do Rio). Ao lado dela, fica o restaurante de Manuela Cristina Sales, de 39 anos, que funciona há três anos. “Acho que vai atrair mais gente, porque o transporte vai melhorar e trazer os clientes. Antes aqui era só poeira e pedra”, conta a comerciante, endossada pelo aposentado Oswaldo José da Silva. “Já teve muito prejuízo aqui por causa das pedras no chão. Agora contamos com essa obra para melhorar”, disse ele, que tem 60 anos.

A urbanização agrada também a moradores que vivem na cidade vizinha, como o pedreiro Gilberto dos Santos, que tem 49 anos e mora em Bacaxá, mas tem amigos que moram no lado maricaense de Jaconé. “Podiam fazer para nós também”, disse Gilberto que circulava de bicicleta pelo bairro assim como o técnico em refrigeração Antônio José Coelho, que ficou feliz ao saber que haverá uma ciclovia no local. “Vai ser bom porque se torna uma opção de lazer para as pessoas, bom para trazer a família. Dá para ver que não é uma obra eleitoreira, é algo para ficar”, observou ele, que tem 57 anos e mora no bairro Boqueirão, próximo a Jaconé.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui