Início Notícias de Maricá Maricá: Prefeitura assina convênio com a Cedae para resolver abastecimento de água

Maricá: Prefeitura assina convênio com a Cedae para resolver abastecimento de água

O prefeito de Maricá, Fabiano Horta, assinou, na tarde desta terça-feira (30/10), no Rio, convênio com o Governo do Estado e com a Cedae para dar uma solução definitiva para a questão da escassez de água na cidade. A assinatura aconteceu com a presença do governador Luiz Fernando Pezão e do presidente da Cedae, Jorge Luiz Briard, no Palácio Laranjeiras. Pelo convênio, a prefeitura vai investir R$ 260 milhões no sistema de abastecimento de água Tanguá/Maricá com a construção de uma barragem, localizada entre a divisa dos municípios de Tanguá e Rio Bonito. Trata-se do primeiro modelo no estado de uma Parceria Público- Público. Além disso, pelo convênio a Prefeitura também vai assumir o serviço de tratamento de esgoto na cidade.

Para o prefeito Fabiano Horta o problema da água é o mais sério na cidade. “Esse é um passivo acumulado há muito tempo em Maricá e que buscamos resolver junto ao governo do Estado e à Cedae. Estamos dando um passo gigante e estruturante para Maricá e tenho certeza que esse modelo novo de gestão será algo de referência para outros municípios”, declarou o prefeito, que estava acompanhado dos secretários de Obras, Geral e de Governo, Renato Machado, e de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leonardo Alves.

A construção da barragem em Tanguá formará um lago com mais de 550 hectares e terá uma vazão de 800 litros de água por segundo para abastecer Maricá e a própria Tanguá. Após formalização do convênio, a prefeitura vai contratar o projeto executivo da obra, para que depois haja a licitação para a construção propriamente dita do empreendimento.

O governador fez questão de parabenizar a gestão do prefeito por ter um olhar voltado para colocar em prática os serviços públicos. “O que estamos realizando aqui hoje e fiz questão que esse convênio fosse formalizado no meu governo é algo inédito e a prova de que, independente da coloração política, o importante é atender a população. Prova também que essa parceria público-público pode ser levada a outras áreas como Educação e Saúde,” frisou Luiz Fernando Pezão.

Siga-nos no Facebook:

O primeiro modelo público-público do país também esteve presente na fala do presidente da Cedae. Para ele, a construção da barragem será uma solução histórica para Maricá a ser seguida por outras cidades que também sofrem com a falta de água. “O espírito público do prefeito ajudou muito para remover as barreiras burocráticas. Foi um grande trabalho realizado a quatro mãos pelos técnicos da Cedae e da Prefeitura”, falou Jorge Briard.

Também está prevista a construção de uma adutora com 23 quilômetros de extensão, capaz de levar a água à cidade, a ampliação da Estação de Tratamento de Água (ETA) do bairro do Flamengo, a construção de uma nova ETA em local ainda ser definido, uma adutora de água tratada até São José de Imbassaí, além de um reservatório com capacidade para armazenar 5 milhões de litros de água, também em São José.

A deputada reeleita, Rosangela Zeidan, que também participou da reunião, falou que essa é uma luta antiga que sempre esteve à frente do governo do Estado. “Nossa cidade cresce e se torna mais bonita a cada dia. Só falta resolver essa situação da água e o prefeito abraçou esse projeto e agora podemos finalmente falar que será resolvido”, destacou.

Também presente ao evento o Coordenador de Saneamento do município Irinaldo Cabral da Silva, informou que para tratar todo o esgoto será necessário um investimento de R$ 200 milhões. Serão construídas duas estações de tratamento de esgoto para realizar o saneamento no Centro, Inoã e Itaipuaçu. “Também vamos criar um cinturão em volta da Lagoa para evitar a sua contaminação com esgoto e a construção de uma rede separadora absoluta, que vai coletar o esgoto das casas, rua por rua,” disse Irinaldo.

2 COMENTÁRIOS

  1. Obrigado prefeito,acho que é direito do povo água tratada e esgoto,o mínimo que o povo de marica necessita independente de partido.Mesmo porque temos dinheiro do petróleo👏👏👏

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui