Início Maricá Ambiental Maricá: Poluída, Lagoa de Araçatiba receberá árvore flutuante com 200 mil microlâmpadas...

Maricá: Poluída, Lagoa de Araçatiba receberá árvore flutuante com 200 mil microlâmpadas de LED

Árvore terá cerca de 30 metros e 200 mil microlâmpadas de LED.

A Lagoa de Araçatiba, urbanizada há cerca de um ano, receberá neste ano, uma árvore flutuante de 30 metros de altura com cerca de 200 mil microlâmpadas de LED. A programação do Natal é extensa e a prefeitura pretende colocar a data no calendário de eventos do Estado do Rio. O acendimento será feito inicialmente no dia 8/12 a partir das 20h. (Confira aqui a programação completa)

Acontece que a Lagoa de Araçatiba é um dos principais pontos a receber todo o esgoto da região central de Maricá, principalmente pelo Canal da Cidade, que passa ao lado da prefeitura de Maricá. A água da lagoa é imprópria para o banho, de acordo com o último relatório de balneabilidade das praias, emitida pelo Inea (Veja Aqui).  Segundo o Inea, a praia da Lagoa de Araçatiba é imprópria ao banho por possuir alto índice de bactérias fecais (enterococcus), responsável por causar de infecções, como meningite e infecção urinária.

O problema é crônico e o Governo do Estado, responsável pelo recolhimento do esgoto e seu posterior tratamento, fecha os olhos ao problema e joga para a prefeitura a sua responsabilidade. Nas obras, a prefeitura acaba não tendo como fazer a rede de esgotos separada da rede de águas pluviais, dando o mesmo destino da água de esgoto à das chuvas: a Lagoa de Maricá. Para amenizar o problema, a prefeitura contrata caminhões do tipo VACOL para a limpeza da rede de águas pluviais, o que aumenta os custos aos cofres públicos devido à ineficiência dos Estado em exercer o seu papel.

Esgoto sendo jogado diretamente na Lagoa de Maricá. (fotos: João Henrique / Maricá Info)

 

1 COMENTÁRIO

  1. Foto joão Henrique,mostra aberração como é tratado o município de maricá.Esgoto a céu aberto com um investimento alto padrão para uma população que padece por falta de infraestrutura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui