Início Notícias de Maricá Índios: IDB emite nota sobre ocupação na restinga

Índios: IDB emite nota sobre ocupação na restinga

Tribo Aldeia Semente ‘Tekoa Myboy-ty’ ocupa parte da Restinga de Maricá, terreno da IDB Brasil. (Foto: Marco Bechkert | Maricá Info)

A empresa espanhola controladora da IDB Brasil, dona da área ocupada pela Aldeia Indígena Tekoa Mboy-ty, enviou uma nota com o posicionamento da empresa sobre a ocupação dos índios na restinga.

Segue a nota:

“A IDB Brasil, proprietária do terreno ocupado desde a última sexta-feira (19/04) pelos índios guaranis Tekoa Mboy-ty, em Maricá, esclarece que possui toda a documentação legal de titularidade do imóvel. A empresa jamais foi notificada sobre a existência de decisão administrativa ou judicial capaz de conferir legalidade à referida ocupação.  

Tribo Aldeia Semente ‘Tekoa Mboy-ty’ ocupa parte da Restinga de Maricá, terreno da IDB Brasil. (Foto: Marco Bechkert | Maricá Info)
Tribo Aldeia Semente ‘Tekoa Mboy-ty’ ocupa parte da Restinga de Maricá, terreno da IDB Brasil.
(Foto: Marco Bechkert | Maricá Info)

A IDB Brasil aguarda tratativas entre a Prefeitura de Maricá e os responsáveis legais pela ocupação no sentido de esclarecer a questão no menor tempo possível. Em paralelo, a empresa trabalha para notificar a Fundação Nacional do Índio (Funai) e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), além tomar as medidas judiciais necessárias à proteção de seus direitos. 

A IDB Brasil respeita todas as manifestações de povos e culturas tradicionais do país, trabalha pela recuperação da identidade da pesca artesanal da Lagoa de Maricá e reitera o compromisso de promover o legítimo desenvolvimento sustentável de Maricá.”

Confira a nota enviada pela Prefeitura de Maricá:

“Com relação aos índios tupi-guaranis que ocuparam uma área na restinga de Maricá onde está sendo licenciado um grande Complexo Hoteleiro e Turístico, com capital espanhol, a prefeitura de Maricá informa:

1 – Os índios serão bem acolhidos no município e terão todo apoio da prefeitura para organizar em Maricá sua aldeia, dando a ela, inclusive, uma característica cultural e turística;

2 – Ao mesmo tempo é prioritária para o desenvolvimento da cidade a implantação do Complexo Hoteleiro e Turístico das praias da restinga de Maricá;

3 – Sendo assim, a prefeitura propõe que uma boa solução seja encontrada, com base em uma negociação com apoio da Funai, para garantir aos índios a conquista da sua aldeia, e ao mesmo tempo, a construção do complexo turístico e a tranquilidade da vila de pescadores de Zacarias;

4 – Para isso, a prefeitura disponibilizará uma área pública e irá viabilizar, junto aos empreendedores espanhóis e portugueses, a estrutura para o estabelecimento da aldeia indígena com viés cultural e turístico;

5 – Com isso, a Prefeitura Municipal de Maricá garante uma vida digna aos índios com a manutenção das suas tradições e costumes, através de um projeto cultural e turístico;”

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui