Testemunha nega que ‘Fábio pela Paz’ tenha deixado a tabacaria embreagado

Uma testemunha contradisse o que Verônica Verone de Paiva afirmou. Segundo a testemunha que é proprietária de uma tabacaria em Itaipuaçu, em Maricá, o empresário não deixou o estabelecimento embriagado, conforme havia informado Verônica. A testemunha foi ouvida  na terça-feira (17) por policiais da Delegacia de Icaraí (77ª DP).

A tabacaria foi o último local onde o casal esteve antes de ir para a casa da suspeita, de onde partiram para o motel, conforme conta a delegada Juliana Rattes.
– A Verônica disse que levou o Fábio para a casa dela, porque ele precisava de ajuda, já que estaria bêbado. A versão dessa testemunha derruba o relato de Verônica. Aliás, quanto mais tomamos depoimentos, mais a situação dela se complica.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here