Início Notícias de Maricá Ministério Público Eleitoral consegue inegibilidade do prefeito de Maricá

Ministério Público Eleitoral consegue inegibilidade do prefeito de Maricá

(Foto: João Henrique | Maricá Info)

A Justiça Eleitoral condenou o prefeito de Maricá (RJ), Washington Quaquá, por conceder gratificações a servidores “visando obter vantagens eleitorais”. A decisão o torna inelegível por oito anos, de acordo com o Ministério Público, que comunicou a decisão.

Quaquá também é presidente eleito do PT do Rio.

De acordo com a promotoria, as gratificações chegavam a dobrar os vencimentos de diversos servidores públicos do município. “As concessões foram publicadas no dia 13 de agosto de 2012, ou seja, 55 dias antes das eleições, o que infringe a Lei 9504/97, art. 73, incisos V e VII, que proíbe tal ato administrativo nos 90 dias anteriores ao pleito”, diz o Ministério Público.

Prefeito Washington Quaquá (PT) está inelegível e sem direitos políticos por 8 anos. (Foto: João Henrique | Maricá Info)
Prefeito Washington Quaquá (PT) está inelegível e sem direitos políticos por 8 anos.
(Foto: João Henrique | Maricá Info)

Quaquá criticou a decisão. Ele disse que a gratificação foi dada a servidores que já estavam no governo, sem novas nomeações. “É um absurdo”, disse. O prefeito vai recorrer da decisão.

Em entrevista à Veja Online, Quaquá disse achar que José Dirceu é inocente no processo do mensalão e que irá visita-lo na cadeira.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui