sexta-feira, 10 abril, 2020
22.5 C
Maricá

Maricá: Rio Mumbuca continua assoreado e poluído

Meta do governo do prefeito Washington Quaquá (PT), a despoluição do rio Mumbuca, um dos mais importantes do sistema lagunar da cidade, não foi cumprida.

Da redação | João Henrique – Na campanha eleitoral de 2008, ao qual o atual prefeito concorreu pela primeira vez ao cargo mais alto do poder executivo municipal, Quaquá falava em seus comícios e entrevistas que, ao final do seu mandato iria beber a água do rio Mumbuca, no qual ele relatava uma infância em que tomava banho e pescava cará.

Nada foi feito até o momento para a despoluição do importante rio, que corta diversos bairros da cidade, indo da nascente no Silvado à sua foz em Araçatiba. Em fevereiro de 2011, a Secretaria de Meio Ambiente, de Obras, de Educação, Agricultura e Pesca, Assistência Social, Gestão e Metas e Projetos Especiais se uniram para despoluir o rio, mas parece que o plano foi esquecido e o Rio Mumbuca continua poluído e assoreado.

Enchentes

O Rio Mumbuca recebe um grande volume de águas das chuvas, ajudando a escoar a água e fazendo com que não haja enchentes. Porém, o rio encontra-se assoreado, o que atrapalha o curso da água, fazendo com que as enchentes sejam mais frequentes em temporadas de muita chuva.

O povo continua esperando a despoluição do rio Mumbuca e cobram uma solução imediata, já que o crescimento populacional e habitacional da cidade torne o trabalho mais difícil e demorado. “Quero ver o prefeito Quaquá bebendo essa água no final do mandato dele.” Disse o morador do bairro Mumbuca, Carlos Peixoto, de 57 anos.

76,022FansLike
26,043FollowersFollow
2,685FollowersFollow
984SubscribersSubscribe