sábado, 5 dezembro, 2020
24.9 C
Maricá

Quadrilha do ‘paintball’ pode ter agido em Maricá

Texto: Auguto Aguiar – O bando que aterrorizou a população nos últimos dias, praticando roubos a pedestres, residências, e postos de combustíveis – utilizando entre outras “armas” uma de paintball (que dispara bolas de tinta) simulando ser um fuzil – pode ter atacado também na cidade de Maricá. Um dos dois menores apreendidos durante a operação conjunta das polícias Civil e Militar, que desarticulou a quadrilha, pode ter sido reconhecido através de fotos, como sendo o mesmo que teria invadido a residência de um americano, em Ponta Negra, no dia 3 deste mês, e (dessa vez usando uma arma autêntica) baleou a vítima.

Na operação desencadeada na segunda-feira, dois maiores foram presos e dois menores apreendidos. Uma menor infratora, líder da quadrilha e um rapaz de 18 anos, motorista do grupo, até a tarde de ontem continuavam sendo procurados. Existe também a suspeita (a 81ª DP/Itaipu checa o informe) que a jovem líder do bando – outra menor infratora – também estaria junto com o adolescente na ação. “Ainda estamos checando esse informe que um dos menores apreendidos na segunda-feira teria participado de uma tentativa de assalto em Maricá, que resultou numa vítima baleada. O trabalho de investigação não termina com as prisões e apreensões. Estamos checando se outras vítimas podem reconhecê-los e assim tentando elucidar outros roubos a estabelecimentos (por exemplo), que não somente a postos de combustíveis”, explicou o titular da 81ª DP, delegado Lauro Rangel.

A ocorrência que a polícia apura se teria envolvimento da mesma quadrilha aconteceu na noite do dia 3 de fevereiro, quando uma dupla de criminosos armados (segundo infomes um casal de jovens) pulou o muro e invadiu uma residência, na Rua 148, no bairro Ponta Negra. Na ocasião, o americano David Allen Cheney, de 67 anos, que estava em junto com a companheira, esboçou uma reação e foi atingido por dois tiros (na mão e no tórax). O casal de criminosos fugiu numa motocicleta sem nada roubar, e a vítima foi medicada no Hospital Municipal Conde Modesto Leal. O fato foi registrado na 82ª DP (Maricá).