Postes das câmeras de videomonitoramento começam a ser instalados em Maricá

Fotos: Fernando Silva

Os postes metálicos onde serão fixadas as câmeras do sistema de videomonitoramento das ruas de Maricá começaram a ser instalados nesta quinta-feira (9/4) em diferentes pontos da cidade. Na região do Centro, os locais escolhidos foram as praças Orlando de Barros Pimentel (que terá duas câmeras), Conselheiro Macedo Soares e na rampa de acesso do CEIM Ondina de Oliveira Coelho, próximo ao terminal rodoviário. Outra das peças, com 7 metros de altura cada, foi erguida na esquina da Rua Álvares de Castro com a Avenida Prefeito Odenir Francisco da Costa, próximo ao prédio da prefeitura.

Antes dessas, a equipe da Secretaria Adjunta de Obras realizou instalações na RJ-106, na altura do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), e no cruzamento da rodovia com a RJ-114, no Flamengo. Houve ainda postes instalados na Barra de Maricá e em Cordeirinho, na altura da Rua 90, além de outros dois em Ponta Negra: um próximo ao posto de saúde do bairro e outro na praça ao lado do canal.

Postes, que já começaram a ser instalados no Centro, possuem sete metros de altura. (foto: Fernando Silva)
Postes, que já começaram a ser instalados no Centro, possuem sete metros de altura. (foto: Fernando Silva)

A expectativa da equipe é que todos os 20 postes estejam instalados até o início da próxima semana em bairros como São José de Imbassaí, Inoã e Itaipuaçu. Um dos locais será o mirante no alto da Estrada da Serrinha, no Recanto. As câmeras deverão começar a chegar na próxima semana. Quem passa pelos locais de maior movimento da cidade já comemora o novo sistema.

“Com certeza foi uma das melhores coisas que a Prefeitura já fez, um investimento muito importante para a nossa segurança nas ruas. Parei de fazer minhas caminhadas na lagoa depois que um sobrinho meu foi assaltado e, agora, vou poder voltar”, celebrou a aposentada Marlene Aurora Ramos, de 67 anos, ao ser informada de que uma das câmeras será instalada na praça que fica às margens da lagoa de Araçatiba, ao lado da grande curva da Avenida Ivan Mundim (antiga Estrada do Boqueirão).

Videomonitoramento

O projeto de videomonitoramento do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) foi orçado em R$ 1,5 milhão e conta com recurso municipal, destinado à construção do prédio (em andamento, na Rua Barão de Inoã, no Centro), e repasse de R$ 830 mil do governo federal, através do convênio do Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci), que será destinado à compra de equipamentos e à instalação de câmeras.

Todas as 20 câmeras captam imagens em 360º com até 300 metros de nitidez. Os equipamentos transmitirão as imagens das ruas via rádio e fibra óptica para a torre central no GGIM. No local, serão instalados computadores e televisores com as imagens captadas. O novo prédio terá três andares e abrigará a comissão que cuidará da segurança nas vias públicas de Maricá, formada por representantes da Prefeitura e polícias Civil e Militar.

4 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here