Maricá + Verde realiza o plantio de mais de 2 mil mudas

A Secretaria Municipal Adjunta de Meio Ambiente deu continuidade nesta quarta-feira (06/05) ao plantio de mudas de espécies nativas da Mata Atlântica no loteamento Manu Manoela, às margens do Rio Cajueiros, com o propósito de recuperar e preservar uma Área de Preservação Permanente (APP). O projeto faz parte do programa socioambiental “Maricá + Verde”, que tem por objetivo o reflorestamento das matas ciliares, além da fiscalização das áreas em avançado processo de degradação e da realização de campanhas contra o desmatamento com participação dos moradores.

Em 2015 já foram plantadas 2.232 mudas de variadas espécies em uma área de aproximadamente 7.500 m². O plantio está sendo feito por uma equipe de oito funcionários da Prefeitura com o apoio da população. Com espaçamento estratégico entre as mudas, com uma distância de 1,5 metro, estão sendo plantadas 20 espécies diferentes de árvores nativas da Mata Atlântica, como pitangueira, ingá amendoim, carrapateira, araxá, entre outros.

Além de realizar o plantio, a Secretaria Municipal Adjunta de Obras irá acompanhar a evolução das mudas e ficará responsável pela manutenção do crescimento delas. A previsão para o crescimento total da muda é de 5 a 6 anos. Através do “Maricá + Verde”, o município de Maricá conta com um total de 5.565 mudas plantadas em diferentes bairros dos quatro distritos de Maricá (Centro, Ponta Negra, Inoã e Itaipuaçu).

O reflorestamento das matas ciliares é realizado por uma equipe de oito funcionários da Prefeitura com o apoio da população. (fotos: Fernando Silva)
O reflorestamento das matas ciliares é realizado por uma equipe de oito funcionários da Prefeitura com o apoio da população. (fotos: Fernando Silva)

O secretário municipal adjunto de Meio Ambiente, Guilherme Mota, frisou a importância do plantio no loteamento Manu Manoela e pediu a participação e apoio dos moradores. “Esse projeto tem como meta a melhoria da qualidade de vida da população. Com a arborização, melhoremos a qualidade da água e o ar ficará mais puro, gerando bem-estar para todos. É de extrema importância que os moradores abracem essa ideia e todos juntos vamos somar para uma cidade mais limpa”, finaliza.

Construção de praça em área de preservação

A Associação de Moradores do Manu Manoela formalizou e enviou para as secretarias municipais adjuntas do Meio Ambiente e de Obras um projeto da criação de uma praça na área de preservação onde está sendo realizado o plantio das mudas. A proposta é de que a praça tenha 50 metros de diâmetro, contando com 200 metros de ciclovia e academia para a terceira idade. A proposta ainda inclui demarcação da praça em pneus, como forma de retirá-los das ruas e evitar criadouros do mosquito da dengue.

Deixe uma resposta

Escreva seu comentário!
Digite seu nome