27 C
Maricá
terça-feira, novembro 29, 2022

Maricá: Cultivo polêmico de maconha em casa de advogado

Policiais da 82ªDP (Maricá) apreenderam cerca de 40 pés de maconha na casa de um advogado, de 40 anos, ativista pela legalização da droga.

Os agentes contaram que receberam uma denúncia anônima informando que havia uma plantação de maconha numa casa, na Rua 32, no Morro do Clan, em Maricá.

No momento da ação, o advogado não estava em casa. Ao ser informado pela família do ocorrido, o acusado, que estava em São Paulo, se apresentou espontaneamente à delegacia para prestar depoimento.

Segundo o chefe do setor de investigação e responsável pela operação, José Renato Oliveira, o advogado alegou usar a planta para fins medicinais.

Em sua página numa rede social, ele afirma que a regulamentação da Cannabis Medicinal é uma questão de dignidade humana, já que muitas pessoas fazem o uso da erva para se manter viva. Ele cita inclusive que países como EUA, Canadá, Reino Unido, Holanda, França, Espanha, Itália, Suíça, Israel e Austrália, o uso da erva para fins medicinais é parcialmente permitido.

“Ao invés de ‘desgraçados’ fortemente armados, gerando morte, violência, gastos, teríamos um local como este (coffee shops, que vendem a droga). Dinheiro iria para o governo educar e cuidar da saúde de quem precisa. Mas, infelizmente, muitos lucram com a proibição. Menos o povo, que nessa guerra de interesses, entra com seu sofrimento”, desabafou na internet.

Após prestar depoimento, ele foi liberado e vai responder em liberdade por tráfico. O advogado preferiu não comentar sobre o caso por conta de problemas particulares.

Fonte: O São Gonçalo

Acompanhe-nos no Google Notícias

Sem boatos, sem fofocas, apenas notícias relevantes para você ficar bem informado.

spot_img
spot_img
spot_img