terça-feira, 26 Maio, 2020
22.5 C
Maricá

Maricá: Últimos trechos da Estrada Real recebe asfalto

O trecho de aproximadamente 500 metros da Estrada Real de Maricá/ entre o Marine e o condomínio Bosque de Itapeba começou a ganhar pavimentação nesta terça-feira (18/02).

Equipes da Prefeitura de Maricá iniciaram a intervenção próximo ao residencial e deve chegar nesta quarta-feira (19/02) à esquina da Avenida Marajó, que ainda vai passar por urbanização. Outras vias próximas que ficam na parte alta da localidade também receberam novo piso como as ruas Icatu, Olinda, Cabedelo e Moacir Corrêa (antiga Macuripe).

Esta era a única parte da Estrada Real que não tinha sido ainda asfaltada. A ação transforma de vez a via numa alternativa de trânsito para quem quer evitar a RJ-106, ligando o loteamento Manu Manuela ao Centro da cidade. Para quem mora no entorno, porém, o benefício maior será um acesso mais rápido, limpo e seguro às próprias casas.

“Já quebrei minha moto nesta estrada, porque ela ficava muito esburacada. Nem acreditei quando soube que iriam asfaltar, mas estou vendo”, comemorou a diarista Jurema da Cruz Dias, de 47 anos, que mora há 15 anos da Rua Cabedelo, uma das que foram também asfaltadas no entorno da Estrada Real.

Na antiga Rua Macuripe, por exemplo, a dona de casa Marineusa Silva dos Santos, de 61 anos, e o aposentado Lourival Prado de Lemos, de 72, conversavam sobre como a região está melhorando.

“Minha rua não vai ficar mais com a lama que tinha antes, e dava também um cheiro muito ruim”, projetou Marineusa, que mora na Rua Araguari, um das próximas a ser asfaltada, enquanto Lourival falava da dura vida que tinha antes da pavimentação. “Era difícil chegar e sair de casa, ainda mais nos dias de chuva”, lembrou ele.

Outra frente de asfaltamento no mesmo dia foi na região do Centro. A Rua Milton de Souza Pacheco, no Parque Eldorado, também recebeu um novo piso no trecho entre a Rua Hilário Costa e Silva e a Avenida Antônio Vieira Sobrinho.

A intervenção complementa a que tinha sido iniciada em novembro passado, onde esta mesma via teve substituídas as antigas manilhas que sustentavam o piso por estruturas pré-moldadas maiores e mais largas.

Também nesta obra, a conclusão foi um alívio para os moradores. “Vai acabar a poeira, vamos voltar a transitar com tranquilidade”, celebrou o servidor público Alexandre Magalhães, de 45 anos.

77,858FansLike
27,265FollowersFollow
2,714FollowersFollow
984SubscribersSubscribe