sexta-feira, 29 Maio, 2020
22.5 C
Maricá

Witzel determina redução de 50% da capacidade de lotação dos transportes públicos no estado

O governo do estado Rio de Janeiro publicou, na manhã desta terça-feira (17), no Diário Oficial, situação de emergência na saúde pública devido ao avanço do novo Coronavírus.

De acordo com o documento, a capacidade de lotação dos ônibus, barcas, trens e metrô deve ser reduzida em 50%, e ônibus interestaduais estão com circulação restrita. Além disso, o Passe Livre foi suspenso, já que, dentro do estado emergência, espera-se reduzir a circulação de pessoas nos transportes e pelas ruas.

“Estou determinando a redução de 50% da capacidade de lotação e, quando possível, que as janelas estejam destravadas, de ônibus, barcas, trens e metrôs”, disse diz o governador Wilson Witzel, em entrevista à Rede Globo. A ideia é reduzir a grande aglomeração das pessoas.

“Vamos fiscalizar com os agentes do Detro”, prometeu o governador, destacando que, no decreto, deverá pedir que restaurantes tenham apenas 30% de sua capacidade, e que, caso seja possível, os clientes priorizem os serviços de entrega, que podem ser feitos no próprio estabelecimento.

Com relação à frota municipal, ele afirmou que depende da Prefeitura do Rio que, segundo ele, não participou da reunião desta segunda-feira (16).

“Me reuni com todos os prefeitos da Região Metropolitana. Apenas a prefeitura do Rio não esteve presente e nem enviou um representante. Mas acredito que estão tomando ciência da nossa determinação para aderir ao decreto. Como a região tem poder resolutório, a decisão se sobrepõe a dos municípios. Mesmo não estando presente, ele tem que cumprir a determinação da redução na região metropolitana. Acredito que ele vai fazer”, completou.

Witzel destacou que, caso as medidas de restrição de circulação não sejam obedecidas, o número de casos pode aumentar muito e sobrecarregar o sistema de saúde.

77,893FansLike
27,269FollowersFollow
2,714FollowersFollow
984SubscribersSubscribe