domingo, 12 julho, 2020
22.5 C
Maricá

Maricá entra na fase Amarelo 2 e permite abertura de bares e restaurantes

A partir da próxima segunda-feira (29/06), Maricá entra na fase Amarelo 2. A reabertura gradual abranda algumas restrições. Permite, principalmente, funcionamento com atendimento presencial de bares, restaurantes e similares, que só podiam atender na fase anterior em sistema de delivery, e também atendimento nos serviços públicos com 50% de capacidade e agendamento prévio.

A decisão da mudança do estágio da bandeira amarelo um para amarelo dois foi tomada nesta quinta-feira, 25/06, após reunião do Gabinete de Ação na sede administrativa da Prefeitura em Itaipuaçu comandada pelo prefeito Fabiano Horta.

De acordo com o prefeito, a decisão segue o parecer da Secretaria de Saúde conforme prevê o decreto 544 que estabeleceu a política de retomada gradual. “O parecer sinalizou que nós podemos avançar uma bandeira. No estágio Amarelo 2, a gente agora permite a abertura de bares e restaurantes com nível de restrição estabelecida em decreto. O que a gente precisa chamar a atenção principalmente é para a proteção, um metro e meio de distância entre as mesas, e acima de tudo com capacidade máxima de 50% de ocupação”, explicou Fabiano Horta.

Dentro da nova fase, o atendimento presencial em bares e restaurantes será permitido no horário compreendido entre 11h às 22h. As regras específicas de funcionamento dos comércios, publicadas no Decreto 544, são as seguintes: deverá ser respeitada a distância mínima de 1,5m (um metro e meio) entre as mesas e/ou fazer a utilização de barreiras físicas; as portas devem ser mantidas abertas em tempo integral; o salão de alimentação deve ser frequentemente limpo; turnos específicos de limpeza devem ser organizados, sem que haja contato com as demais atividades do estabelecimento.

Deve-se também evitar a permanência de objetos na mesa e aumentar a higienização dos cardápios, que precisam ser revestidos de material que possibilite a higienização. A ocupação das mesas deverá ser feita individualmente ou por pessoas do mesmo núcleo familiar; os estabelecimentos deverão disponibilizar álcool em gel (70%) em cada mesa; o guardanapo de tecido deverá ser substituído por papel; música no interior dos estabelecimentos serão autorizadas apenas para som ambiente, não sendo permitido o uso de pistas de dança.

Além disso, é recomendada a instalação de correntes para evitar a entrada de clientes de maneira descontrolada. Bares e restaurantes com serviços de buffet e self-service continuam proibidos de funcionar conforme o decreto.

O novo estágio permite também o aumento do atendimento público nas repartições. “Vamos ter também um aumento de atendimento do serviço público que passa a atuar com 50% de capacidade com agendamento prévio, para que a gente possa ter uma dinamização dessas atividades”.

Aulas sem previsão de retorno

Ainda de acordo com o prefeito, as aulas não têm previsão de volta. “Ainda não acabou, as aulas não regressarão por hora. Essa discussão será feita mais a frente, a população precisa ficar em casa, cumprindo as normas de circulação. Nós temos a certeza que venceremos mais essa juntos”, completou.

A secretária de Saúde Simone Costa confirmou a manutenção dos testes com assintomáticos para identificar uma possível contaminação por Sars-CoV-2. “Inicialmente fomos testando os sintomáticos, agora estamos testando os assintomáticos. Começamos pelos idosos e depois vamos ampliar para outras pessoas, mas esses vão ser direcionados através de um estudo epidemiológico que vai identificar a melhor área”, disse.

A secretária de Saúde ainda alertou sobre a chegada do inverno, onde a atenção aos cuidados precisam ser redobrados.

“Nesse momento, principalmente, precisamos redobrar os cuidados. O inverno chegou, a gente precisa manter sempre os ambientes arejados, limpar bem os alimentos, lavar frequentemente as mãos e usar máscara. Precisamos cuidar da gente e do próximo também”, comentou.

78,431FansLike
27,269FollowersFollow
2,723FollowersFollow
984SubscribersSubscribe